Tião Viana lidera disputa pelo cargo de governador do Estado

De acordo com pesquisa realizada pela FIEAC/Ibope Inteligência sobre as intenções de voto no Acre, entre os dias 12 e 14 de julho de 2010, o candidato do PT, Tião Viana, lidera a disputa pelo Governo do Estado com 63% das intenções de voto. O segundo colocado é o candidato do PSDB, Tião Bocalom, com 18%. Gouveia (Tijolinho), que disputa a eleição pelo PRTB, aparece com 2%. Os votos brancos e nulos totalizam 4%. Eleitores indecisos são 13%.
Na pergunta espontânea, ou seja, sem a apresentação de disco contendo o nome dos candidatos, o percentual de eleitores indecisos é de 67%, índice comum, considerando-se o início da campanha eleitoral. Outros 3% dos eleitores declararam votar em branco ou nulo. Nesta questão, Tião Viana é o mais citado, com 20%, enquanto Bocalom tem 7%.

pesquisag
Segundo turno
A FIEAC/Ibope Inteligência também testou a hipótese de um segundo turno entre os candidatos Tião Viana e Tião Bocalom. Na simulação, o candidato do PT lidera com 66% das intenções de voto, enquanto que o tucano tem 18%. Os votos brancos e nulos totalizam 4%. Eleitores indecisos, 11%.

Rejeição
Os candidatos ao governo Tião Bocalom e Gouveia (Tijolinho) têm os maiores índices de rejeição: respectivamente, 38% e 37% dos eleitores declararam não votar de jeito nenhum nesses candidatos. Em relação à Viana, este índice é de 16%.

Intenção de voto para o senado
Para o cargo de senador pelo Estado do Acre, somando-se as duas menções, o candidato Jorge Viana, do PT, tem 67% das intenções de voto. Em patamar inferior, Petecão (PMN) aparece em segundo lugar, com 31%, seguido por Edvaldo Magalhães, do PC do B, com 27%. O peemedebista João Correia tem 11% das intenções de voto para o Senado. Eleitores indecisos totalizam 26%. Votos em branco ou eleitores que declaram intenção de anular voto somam 5%. 

Na pergunta espontânea sobre a intenção de voto para o Senado pelo Acre, o candidato petista tem 13%. Outros candidatos figuram com menos menções, com índice igual ou inferior a 4%. Três quartos dos eleitores dizem-se indecisos sobre o voto para senador.

Intenção de voto para presidente
No Acre, o candidato à Presidência pelo PSDB, José Serra, aparece na frente com 39%. A candidata do PV, Marina Silva, é a segunda colocada nas intenções de voto, com 29%, enquanto a petista Dilma Roussef tem 16%. Os eleitores que declararam votar em branco ou nulo são 4% e os indecisos correspondem a 9%.

Já na pergunta espontânea, quando não são apresentados ao entrevistado os nomes dos candidatos à Presidência, o candidato do PSDB aparece com 21%, Marina Silva tem 15% e Dilma Roussef aparece com 9%. O índice de eleitores que declaram estar indecisos é de 51%.
Na hipótese de um segundo turno com Dilma Roussef, José Serra tem 59% das intenções de voto, enquanto a candidata petista aparece com 26%. Indecisos são 10%.

Avalição da atual administração
A administração do atual governador do Estado, Binho Marques, é avaliada como boa/ótima por 53% dos eleitores, enquanto 34% a avaliam como regular. Os eleitores que consideram a sua administração ruim ou péssima somam 7%. Outros 6% não sabem ou preferem não opinar.

Em relação à maneira como o atual governador vem administrando o Estado do Acre, ele tem aprovação de 68% dos eleitores. Já 17% desaprovam e 15% não opinam ou não sabem informar.

De acordo com os entrevistados, as áreas mais problemáticas do Estado são, respectivamente, Saúde (49%), Segurança Pública (41%), Educação e Geração de Empregos (ambos com 21%).

Ficha técnica da pesquisa (JOB Nº 101246/2010)

Período de campo: a pesquisa foi realizada entre os dias 12 e 14 de julho de 2010;
Tamanho da amostra: foram entrevistados 602 eleitores;
Margem de erro: é de 4 pontos percentuais, considerando um grau de confiança de 95%;
Solicitante: pesquisa contratada pela FIEAC – Federação das Indústrias do Estado do Acre;
Registro eleitoral: esta pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral do Acre, sob o protocolo nº 6306/2010 e no Tribunal Superior Eleitoral sob 19641/2010.

(Assessoria/FIEAC)

Assuntos desta notícia


Join the Conversation