Criança de 7 anos é raptada e estuprada

Uma menina de sete anos foi estuprada na tarde desta segunda-feira, 9, depois de ter sido enganada pelo agressor, um homem alto, moreno e que trajava bermuda e camiseta, na Rua Maracanã, no residencial Iolanda, próximo ao conjunto Manoel Julião.
Raptada
Por volta das 13h30 de ontem, a garota brincava com uma amiga de 9 anos no quintal de casa, onde o acusado chegou numa bicicleta e afirmou: “o teu pai mandou tu ir ali pegar um dinheiro comigo”.

Inocente, a menina montou na garupa do bandido. Antes de sumir, porém, ela ainda chegou a chamar a amiguinha para acompanhá-la, mas ela se recusou.
A polícia foi acionada e os familiares mobilizados para procurar a criança.

Já por volta das 16 horas, a menina foi avistada por um tio sendo arrastada para dentro da mata, próxima à Usina de Arte João Donato, na região do Conjunto Universitário, a pelo menos seis quilômetros de casa.

“O bandido a puxava pelo cabelo, tentando forçá-la a entrar na mata”, conta a tia, Marileide de França Carneiro, segundo os relatos do tio da garota que a encontrou.
Ele tentou pegar o indivíduo, que a soltou e entrou na mata. Um cerco policial foi realizado na área, mas até às 17h30 o bandido não havia sido encontrado.

A garota sangrava quando foi encontrada. Muito abalada, ela afirmava: “titio, olha o que ele fez comigo”.

Testemunhas disseram que o indivíduo se passava pelo pai da criança, quando foi visto algumas vezes no trajeto. “Ela dizia que não queria morrer, mas ele afirmava para quem olhava aquilo que ela era a sua filha”, contou uma testemunha.

A criança foi levada à Delegacia da Mulher, depois de fazer exames no Instituto de Identificação. (Reslay Saab/Agazeta.net)

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation