Briga em família quase termina em tragédia

Uma briga generalizada entre quatro irmãs, moradoras do bairro Preventório, quase termina em tragédia quando a jovem Érica Albuquerque, 22 anos, e mais três irmãs começaram uma discussão por causa de um homem.
Facadas
A discussão teria evoluído para agressão física entre Érica e a irmã caçula, que estaria com ciúmes de Érica com o namorado.

Segundo informações de testemunhas, as quatro consumiam bebida alcoólica desde o período da tarde de sexta-feira, 1º, quando a discussão teve início ainda no bar.

Érica e outras duas irmãs, que não foram identificadas, resolveram retornar para casa. Minutos depois, chegou uma terceira irmã de Érica e reiniciou a discussão, a acusando de ter ficado com seu namorado.

Neste instante, a vítima e a irmã iniciaram uma luta corporal e a mãe das jovens tentou separar a briga, mas não conseguiu e pediu ajuda das outras filhas.
A partir deste instante, a briga tornou-se generalizada até Érica ter sido ferida com três golpes de faca, que atingiram a mão, o abdômen e o peito direito da jovem.

Segundo testemunhas, os golpes foram desferidos pela irmã da vítima que iniciou a discussão por causa de ciúmes.

Uma equipe de paramédicos do Serviço de Aten-dimento Móvel de Urgência (Samu) socorreu a vítima, que foi encaminhada ao Pronto-Socorro, onde deu entrada em estado gravíssimo.

 

 

 

Assuntos desta notícia

Join the Conversation