Disputa por mulher em forró termina em morte na fronteira

O que seria uma noite de divertimento para trabalhadores rurais de uma comunidade localizada na altura do km 75 da estrada do Pacífico, região do município de Assis Brasil, fronteira do Acre com o Peru, terminou na morte de Auricélio Fernandes Paixão, 27 anos.

disputamulher
O crime aconteceu na madrugada deste domingo, 17, em uma festa  que acontecia em uma comunidade rural quando, segundo o que a Polícia de Brasiléia e Assis Brasil apurou, cinco rapazes disputavam uma mulher, em seguida teve início uma discussão que terminou no assassinato de Auricélio que foi ferido com quatro golpes de faca, tipo peixeira.

A Polícia agiu rápido e conseguiu prender os cinco acusados de matar o jovem trabalhador, entre eles um adolescente de 16 anos.

Foram presos: Leônidas Lopes de Oliveira, “O Didi” que possui várias passagens pela polícia por crimes de tentativa de homicídio, posse ilegal de arma, tráfico e lesões corporais. Juvenildo Antunes de Souza, 22 anos, “ O Nildo”,  Franlei Barreto Danli 19 anos,  “o Wolverine’,  Gilgleison Silva Costa 22 anos, mais conhecido pelo apelido de  “Branco” e um adolescente de 16 anos.

Segundo testemunhas, os cinco jovens participaram da briga que culminou com a morte do trabalhador que não estaria envolvido na disputa pela mulher, que acontecia entre os cinco acusados.

Mesmo não estando envolvido na briga, a vítima foi escolhida aleatoriamente por Leônidas Lopes, “ o Didi” que de posse de uma faca desferiu quatro golpes nas costas de Auricélio.

A vítima chegou a ser socorrida e encaminhada a uma unidade de saúde do município de Assis Brasil, mas não resistiu às gravidades dos ferimentos e morreu.

O corpo foi levado de volta para  local do crime, onde foi deixado sobre uma mesa da casa de forró, onde foi resgatado por perítos do Instituto Médico Legal  IML e transferido para exame cadavérico em Rio Branco.

Os acusados foram presos quando tentavam fugir em direção a cidade de Brasiléia. Os cinco foram indiciados por crime de homicídio e os quatro adultos foram transferidos para o Presídio Estadual em Rio Branco e o adolescente ao Conselho Tutelar de Brasiléia.

disputam1

disputam2

disputam3

 

Assuntos desta notícia

Join the Conversation