Eurilinda é a nova presidente da Fundação Garibaldi Brasil

A Fundação Garibaldi Brasil (FGB), entidade municipal responsável pelas políticas públicas culturais, ganhou uma nova gestão. A ex-assessora de cultura da instituição, Eurilinda Figueiredo, assumiu a coordenação do órgão ontem, substituindo o ex-presidente Marcos Vinícius Neves, que vai assessorar o senador Jorge Viana (PT).

Faltando apenas um ano e nove meses para o final da gestão do prefeito de Rio Branco Raimundo Angelim, os desafios da FGB ainda são muitos. Segundo Eurilinda, a prioridade, nesse momento, é ‘institucionalizar a cultura na capital acreana como política pública, e que essa área seja bem cuidada pelos demais gestores que ainda virão’.

Além disso, conta como ação prioritária a consolidação das atividades promovidas pela instituição ao longo dos anos, como os projetos Brincando como Antigamente, Feira do Sebo, a manutenção dos Centros Culturais, as políticas de financiamento de projetos, como a Lei de Incentivo à Cultura e o Fundo Municipal de Cultura, entre outras ações.

“Nos últimos 6 anos tivemos uma gestão que permitiu a transformação da paisagem cultural de Rio Branco”, disse Eurilinda.

Em seu discurso de despedida, o ex-presidente da FGB, que também atuou no Governo do Estado durante o mandato do ex-governador Jorge Viana, disse que aprendeu mais em seis anos de FGB do que em seis anos de governo. Ele rememorou alguns episódios de sua gestão e contou que não vai se desvencilhar completamente do órgão. (Ascom PMRB)

Assuntos desta notícia


Join the Conversation