Procissão leva milhares de fiéis às ruas de Rio Branco

“Essa caminhada é uma penitência que fazemos para recordar as dores e o sofrimento de Jesus Cristo por cada um de nós”. A frase do reitor da Catedral Nossa Senhora de Nazaré, resume o sentimento dos milhares de fiéis católicos que participaram da tradicional procissão da sexta santa.
Fieis2404
Com terços e velas nas mãos, os fiéis caminharam por mais de uma hora no Centro da cidade. A caminhada começou às 17 horas, logo após a missa onde foi realizada a leitura da Paixão e Morte de Jesus.
Milhares de fiéis saíram de suas paróquias, localizadas em vários bairros da Capital, caminharam até o Centro e ainda tiveram força para fazer o percurso da procissão que saiu da Catedral, passou em frente ao Pronto-Socorro e seguiu pela Avenida Getúlio Vargas até o Palácio Rio Branco.

“Aqui estamos num momento forte da nossa fé. Nesta semana estamos recordando todo sofrimento de Cristo por cada um de nós. Milhares de pes-soas saíram de suas paróquias e se uniram aqui no Centro para podermos declarar nosso amor a Jesus”, explicou o reitor da Catedral, padre Mássimo Lombardi.

O sacerdote lembra que a procissão faz parte do tríduo pascal que termina neste domingo, 25, quando os fiéis se reúnem na Concha Acústica para o Alvorecer da Ressurreição.

“É o momento de celebrarmos a ressurreição do nosso Senhor. Antes do sol nascer, queremos proclamar que Jesus está vivo e caminha sempre ao nosso lado. Neste dia queremos reafirmar nossa fé e renovar nossa esperança no Cristo que nunca nos abandona”, disse.

 Encenação da Paixão e Morte de Cristo emociona fiéis – A encenação da Paixão e Morte de Cristo, realizada sexta-feira, 22, em frente ao Palácio Rio Branco, emocionou os milhares de fiéis. Crianças, jovens, adultos e idosos acompanharam com muita emoção a peça onde mais de 150 jovens representaram o sofrimento e as dores de Jesus Cristo.

A praça Eurico Dutra, em frente ao Palácio Rio Branco, parte da avenida Getúlio Vargas e o hall de entrada da Assembléia Legislativa estavam lotados de fiéis. “Nós inovamos com a realização de um espetáculo cheio de novidades e que emocionou os fiéis. Nosso objetivo é convidar as pessoas para uma reflexão sobre a dor e o sofrimento de Cristo”, disse o coordenador da encenação, Alexandre Rodrigues.

Coordenada pela equipe de eventos Totus Tuus, a encenação, que foi ensaiada por mais de 2 meses, contou com um musical e vários efeitos especiais, garantindo mais brilho à representação.

“Estou muito emocionado. Cheguei a chorar. Creio que tudo que vivemos aqui ajuda nos ajuda a amar ainda mais a Cristo”, conta o ator Nonato Silveira, que representou Jesus Cristo na encenação.

Na madrugada deste domingo, 25, a partir das 4h, o grupo fará a encenação da Ressurreição de Jesus Cristo na Concha Acústica.  (Rutemberg Crispim)

Assuntos desta notícia


Join the Conversation