Bebedeira se transforma em tragédia no bairro Chico Mendes

Os vizinhos Raimundo Brás da Costa, 28 anos, e Francisco das Chagas de Souza Almeida, 63 anos, consumiam bebida alcoólica na casa de Francisco, localizada no bairro Chico Mendes, na noite de sexta-feira, 22, quando Raimundo se engraçou da mulher do amigo e passou a mexer com ela.

Devido ao efeito da bebida, Francisco Chagas demorou a perceber que o amigo estava mais interessado em mexer com a mulher dele do que lhe fazer companhia na bebedeira.

Ao se dar conta de que o ‘amigo’ estaria assediando sua mulher, Francisco pediu a Rai-mundo que a respeitasse.

Foi daí que teve início uma discussão entre os dois. Raimundo se apossou de um pedaço de pau e aplicou três golpes em Francisco. Dois atingiram a cabeça e outro o braço da vítima.

O dono da casa se apossou de uma faca e desferiu um corte no pescoço de Raimundo. O golpe foi aplicado de baixo para cima, cortando a traquéia, língua e as artérias que irrigam sangue para a cabeça.

Uma equipe do Samu foi acionada. Quando chegou ao local para socorrer as vítimas, já que Francisco também estava ferido, teve muita dificuldade em dominar Raimundo. Sob efeito da bebida alcoólica e supostamente de entorpecentes, ele resistia ao socorro médico.

Raimundo teria perdido muito sangue e, após ser dominado, foi encaminhado com urgência ao PS de Rio Branco.  Ele morreu minutos depois de dar entrada no setor de emergência.

O corpo de Raimundo Brás foi encaminhado ao necrotério do Pronto-Socorro, em seguida, foi resgatado e conduzido ao Instituto Médico Legal (IML).

O acusado Francisco das Chagas recebeu o atendimento médico e, após ser liberado pela equipe médica, foi preso e encaminhado à Defla da 1ª Regional. Lá, ele foi indiciado pelo crime de homicídio.

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation