Flagrante: mulheres são presas ao tentar fraudar perícia médica

Uma tentativa de fraude a Previdência Social resultou na prisão em flagrante de duas mulheres na manhã de ontem (07), na agência da Previdência Social Rio Branco, no Centro da capital.
laudo
De acordo com comunicado da Polícia Federal, foi presa uma segurada, que se submeteu a perícia média apresentando laudo falso, e sua nora, mentora da tentativa de fraude.

O flagrante foi dado pela Força Tarefa Previdenciária, composta pelo Ministério da Previdência Social e Departamento de Polícia Federal no estado do Acre.

A Polícia Federal fotografou o laudo fraudulento e o documento da Previdência. “De acordo com análise da Previdência Social o atestado médico apresentado está fora dos padrões éticos da medicina, apresenta CID – Código Internacional de Doenças inexistente, papel fora do padrão e a assinatura e letra não conferem com a do médico que está atestando o documento”, diz o comunicado da PF.

O informe divulgado pela PF explica ainda que a segurada pleiteava pela quarta vez o benefício assistencial para portadores de deficiência física (LOAS).

Após serem conduzidas ao prédio da Superintendência da Policia Federal de Rio Branco, a nora confessou ter forjado o atestado médico objetivando beneficiar a sogra. Ambas foram encaminhadas ao presídio feminino de Rio Branco. (Assessoria Polícia Civil)

laudo_2

Assuntos desta notícia


Join the Conversation