Deputada distribui 4 mil cartilhas com direitos e deveres do trabalhador

A deputada federal Perpétua Almeida distribuiu 4 mil cartilhas dos direitos e deveres do trabalhador, nos principais pontos da cidade. A prioridade foi dada ao Terminal Urbano, local de maior concentração de trabalhadores.

A iniciativa foi tomada para atender a demanda do Estado que cresce e cuja economia se diversifica, abrindo cada vez mais postos de trabalho que também precisam de atenção.

“Os trabalhadores precisam conhecer seus direitos e deveres para poder pressionar a Justiça do Trabalho, mas também para poder agir corretamente. Temos que dar uma atenção especial a esses companheiros da construção civil que ainda não têm sindicato e das empregadas domésticas, um setor onde nem 10% das trabalhadoras têm carteira assinada”, salientou a parlamentar.

Em todo o país, milhões de trabalhadores saíram às ruas no domingo (1º de maio), para reivindicar questões que ainda dormitam no congresso nacional, como a licença maternidade de 6 meses de duração (já aprovada no município de Rio Branco com a Lei Ariane Cadaxo) e a redução da jornada de trabalho sem prejuízo salarial, mas outras questões preocupam trabalhadores de todo o país, como  projeto 549/2009 que congela os salá-rios dos servidores públicos por dez anos e impede a realização de concurso público. O PLP já foi aprovado no Senado e será encaminhado para apreciação da Câmara Federal.

“No Congresso existe todo o tipo de projeto, porque o povo manda para lá todo o tipo de gente. Mas um grupo expressivo de deputados está de olho e fazendo o possível para evitar a aprovação desse projeto”, garantiu Perpétua Almeida. (Assessoria)

 

Assuntos desta notícia

Join the Conversation