Empresário seqüestrado no estacionamento da Expoacre

Um empresário acreano – que não quis se identificar – viveu um dos piores momentos da sua vida ao ser vítima de uma tentativa de seqüestro no final da tarde de domingo (24). O rapto aconteceu por volta das 18h, quando a vítima saía da Expoacre. Ele passou cerca de 15 minutos sob as ordens do bandido e, só não sofreu mal maior, porque o seqüestro teve fim com um capotamento.

Ao entrar em seu carro, no estacionamento do Parque de Exposições, o empresário foi surpreendido pelo seqüestrador, que invadiu o veículo pelo lado do carona. O bandido – não identificado – anunciou o assalto, colocando uma arma na sua cintura, e pediu dinheiro. Como a vítima não tinha na hora, o criminoso ordenou que ele o levasse até a sua casa, onde poderia roubar mais coisas.

Os dois saíram do parque e rumaram para a Avenida Amadeo Barbosa. Lá, o celular do empresário tocou. Quando ele foi atender, o assaltante bateu em sua mão, ordenando que não atendesse. Na rapidez do ato, a vítima perdeu o controle da direção e o veículo capotou na avenida. Após o acidente, a vítima (que sofreu escoriações leves pelo corpo) saiu correndo do local. Em seguida, o bandido também fugiu a pé, tomando rumo desconhecido.        

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation