Endividamento das famílias brasileiras chega a 17,8%, maior percentual da Peic

O percentual de famílias brasileiras que reportaram estar muito endividadas atingiu 17,8% em julho de 2011, contra 16,6% em junho e 14,8% de julho de 2010. É o patamar mais elevado da série iniciada em janeiro de 2010, conforme indica a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic) relativa a julho.

No período, o percentual de famílias sem condições de pagar seus débitos em atraso alcançou 8,1%. A informação consta da Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic), que a CNC divulga amanhã.

Em junho, 8,4% das famílias haviam dito que permaneceriam no vermelho e, em julho de 2010, 8,9%. Esse número indica uma melhora na percepção em relação à capacidade de pagamento das dívidas. (CNC)

Assuntos desta notícia


Join the Conversation