Viúva de Chico Mendes nega conflito com governo estadual

A viúva do líder seringueiro Chico Mendes, Ilzamar Mendes, visitou na noite de ontem, 28, o governador Tião Viana para desfazer afirmações de setores da imprensa de que haveria um desentendimento entre a família e o governo.

A casa em que Chico morava com a família e a Fundação Chico Mendes estão fechadas para reforma há cerca de 15 dias. Ilzamar Mendes havia procurado o governador Tião Viana para que auxiliasse na reforma dos espaços, intervenção que foi autorizada e já avaliada pela Secretaria de Obras.

“Não é nosso interesse fechar os espaços. Sei que muitas pessoas já voltaram nessas duas semanas, vindas inclusive de outros países, para estudar a vida de Chico a partir do nosso acervo, mas, infelizmente, essa intervenção era necessária. Nunca brigamos com o governo ou com o governador Tião Viana, ao contrário, sempre estiveram ao nosso lado. A imprensa será convidada em breve para a reinauguração tanto da casa quanto da fundação, não é verdade o que estão falando sobre um desentendimento entre a família e o governo”, disse a viúva do líder seringueiro.

Chico Mendes teve sua luta pelos povos da floresta reconhecida em todo mundo. A casa em que morou e foi assassinado e a Fundação Chico Mendes são pontos turísticos de intensa visitação no Estado.

“Os móveis da casa estão deteriorados e todo o acervo da fundação precisa de cuidados. A iluminação é uma das coisas que serão trocadas com a reforma, pois a luz intensa prejudica o acervo. Nós não tínhamos condições de fazer essa mudança sozinhos, e o governador Tião Viana, que sempre foi muito sensível e sabe da importância desse patrimônio para o Acre, autorizou a reforma”, explicou Ilzamar. (Agência Acre)

Assuntos desta notícia


Join the Conversation