Polícia prende falsa enfermeira acusada de furtar cães de raça

Investigadores da Delegacia da 4ª Regional (Tucumã) prenderam na manhã de ontem, 14, Antônia Tonirys Noronha de Queiroz, 39 anos, acusada de furto, estelionato e falsidade ideológica. Ele foi pega na Rua Senador Guiomard dos Santos, Vila Betel, na região do Calafate.
Falsa
Segundo o delegado responsável pelas investigações, Jarlen Rodrigues, Tonirys é responsável por golpes aplicados em Rio Branco. O mais inusitado é que eles são relacionados a animais de estimação. Ela é acusada de furto de cães de raça (5 queixas já foram registradas na Capital), além de compra de produtos em pet shops sem pagamento.

Antônia ainda é acusada de se passar por profissional de enfermagem (técnica de enfermagem).  Ele teria procurado pessoas idosas necessitadas de acompanhamento e teria se oferecido para o serviço. Com isso, ela estaria se aproveitando para furtar objetos das casas das vítimas.

 
Segundo as investigações, ela também é acusada de aplicar o golpe do aluguel. Nele, ela teria arrendado imóveis residenciais e não pagado pelas locações, abandonando as casas e deixando os proprietários com dívidas de energia. Em uma destas casas, uma das vítimas amargou um prejuízo de mais de R$ 5 mil só em energia.

As constantes mudanças de endereço tinham também a intenção de dificultar os trabalhos de investigação policial. Apenas nos últimos 45 dias, a acusada mudou 3 vezes de endereço.

De posse de mandado de prisão expedido pela Justiça, policiais conseguiram localizar Tonirys e executaram sua prisão. Na captura, os agentes encontraram na casa da acusada 3 cães de raça, provavelmente furtados. Segundo o delegado, um casal de cães de Yorkshire achado com a acusada pode custar até R$ 3 mil, cada.

No final da manhã, Antônia Tonirys foi encaminhada ao presídio Francisco Conde.

 

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation