Angelim anuncia investimentos de R$ 35 milhões em seis bairros

O prefeito Raimundo Angelim assinou ontem, 9, contratos com a Caixa Econômica Federal para obras de urbanização e intervenções socioambientais  em três grandes regiões de Rio Branco, desde a Baixada I,  Poligonal Vila Acre e o bairro Nova Esperança. Com recursos do PAC 2 serão investidos R$ 35,8 milhões para beneficiar diretamente 2.704 famílias em seis bairros com 13,6 quilômetros de  pavimentação de 70 ruas; 6,1 quilômetros de rede de água; 7,2 metros de rede de esgoto; 9,1 metros de drenagem e construção de 108 casas.
AANGELINNN
A cerimônia de assinatura dos contratos contou com a presença da diretoria da União das Associações dos Moradores de Rio Branco (Umarb), lideranças comunitárias, secretários municipais e do alto staff da CEF no Acre liderado pelo superintendente regio-nal Aurélio Cruz.

Para se ter uma idéia da dimensão dessas obras, elas in-cluem a implantação de mais de 35 quilômetros de calçadas naqueles bairros. “Foi com muito suor que chegamos aqui. De minha parte estou muito feliz e grato”, disse Angelim. O processo de elaboração, apresentação e aprovação dos projetos, cujo valor total aprovado é de R$ 85 milhões, foi longo e complexo. Em março de 2010, o Governo Federal lançou a segunda etapa do PAC 2. Sua qualidade e seu foco na melhoria da qualidade de vida da população nas grandes cidades e aglomerados urbanos, no entanto, foram decisivos para a aprovação.

A Prefeitura de Rio Branco apresentou no ano passado para etapa de seleção do programa proposta de cerca de R$ 120 milhões em projetos, sendo contemplada com recursos na ordem de mais de R$ 85 milhões. Estes recursos estão divididos em Urbanização de Assentamentos Precários, Saneamento Integrado e Pavimentação de Vias Urbanas em vários bairros da Cidade, além da construção de equipamentos públicos como Praça dos Esportes e da Cultura  (PEC),  Unidades Básicas de Saúde e Pré-Escola.

Além das obras, será desenvolvido um trabalho socioambiental que envolverá o diagnóstico socioeconômico da comunidade,  campanhas educativas e de mobilização e organização comunitária, seminários e oficinas nas temáticas de educação sanitária e ambiental, cursos de capacitação voltados para a geração de trabalho, emprego e renda. “Fico feliz e orgulhoso. Particularmente tenho grande admiração por este gestor, Raimundo Angelim”, disse Aurélio Cruz ao defender a qualidade dos projetos e a seriedade do trabalho de Angelim. “A Caixa tem em seu DNA  a vontade de mudar a vida das pessoas para melhor”, completou, lembrando que as mudanças ocorrem efetivamente a partir do compromisso do gestor. Em sua opinião, é o que vem ocorrendo em Rio Branco.

Na ocasião, Angelim anunciou série de outras obras que serão iniciadas em Rio Branco, como a reforma de cinco praças, calçadas, revitalização de mercados, entre outras.  (Ascom PMRB)

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation