Brasil é sétimo maior detentor de reservas internacionais

O Brasil ultrapassou Índia e Hong Kong na detenção de reservas internacionais. A informação foi divulgada em relatório do Banco Central nesta sexta-feira. A evolução comercial do país foi registrada no fim de 2010. A nova colocação fez com que o Brasil se tornasse o sétimo maior detentor de reservas.

De acordo com o Banco Central, em 2009 o país possuía US$ 239 bilhões em reservas internacionais. O valor teve acréscimo de 20,7% (R$ 49,5 bilhões) em 2010, chegando a US$ 288,5 bilhões. As novas informações apontam um valor recorde de US$ 350 bilhões.

O Brasil investe em fundos internacionais com a compra de dolares pelo Banco Central e ao fazer emissões de novos títulos da dívida pública, que ao serem comprados por investidores externos, têm o pagamento direcionado para as reservas.

China, Japão, Rússia, Arábia Saudita, Taiwan e Coreia do Sul ainda estão à frente do Brasil. (SRZD)

Assuntos desta notícia


Join the Conversation