Justiça garante presença de público e realização de jogos no Arena da Floresta

O Desembargador Pedro Ranzi proferiu decisão liminar no Mandado de Segurança n.º 0001914-18.2011.8.01.0000, autorizando a realização, com público, de jogos do Campeonato Brasileiro das Séries “C” e “D” no Estádio Arena da Floresta.
Arena_da_floresta
Embora o Estado do Acre já tivesse obtido liminar favorável nos autos da Ação Cautelar Inominada n.º 0018964-54.2011.8.01.0001, que permitia a entrada da torcida, o Ministério Público Estadual interpôs o Agravo de Instrumento n.º 0001828-47.2011.8.01.0000. Assim, a Juíza de Direito Convocada para exercer suas funções na Câmara Cível do Tribunal, acatou o pedido e suspendeu a decisão inicial.

O Estado considerou a medida “abusiva” e alegou que sofreria prejuízos, já que os ingressos não seriam postos à venda. Com a decisão do Desembargador Pedro Ranzi, no entanto, haverá a disponibilização de ingressos à venda, bem como os jogos previstos acontecerão normalmente, no Arena da Floresta.

Organizadores dos jogos terão também de respeitar a capacidade máxima de 10.000 mil torcedores, a proibição de alimentos nas dependências do Estádio, além de assegurar a presença da Polícia Militar em número suficiente para zelar pela segurança do torcedor presente.

No sábado (27/08), às 19h, entre Plácido de Castro (AC) e Peñarol (AM), válido pela Série “D”, e no dia 28 (08), também às 19h, entre Rio Branco Foootball Clube (AC) e Águia de Marabá (PA), válido pela Série “C”.

Pedro Ranzi justificou o deferimento da liminar como forma de “que não venha ocorrer prejuízo com a não arrecadação da venda de ingressos, uma vez que as referidas partidas futebolísticas já estavam previamente marcadas e, portanto, esperadas pela população local”. (Agência TJAC)

Assuntos desta notícia


Join the Conversation