Tráfico internacional: Tia e sobrinha são detidas tentando levar cocaína do Acre para Europa

Jovem havia sido presa pela PRF tentado levar cocaína para capital em janeiro de 2010
Trfico_Internacional
No mesmo lugar, em janeiro de 2010, a jovem Antônia Chaves Minguins que estava com 22 anos, foi detida no entroncamento de Xapuri tentando levar para Rio Branco, um pacote dizendo que seria uma Bíblia, mas, era cerca de um quilo de cocaína que havia adquirido na cidade de Cobija, lado boliviano e foi presa.

Cerca de um ano e meio depois, Antonia é detida novamente, desta vez na companhia de sua tia, Maria Antônia Onorato (45), quando tentavam chegar na Capital de ônibus que foi parado para averiguação de rotina por patrulheiros da Polícia Rodoviária Federal.

As duas passariam normalmente por passageiras senão fosse por alguns detalhes que chamaram atenção dos agentes da lei. Ambas portavam passaporte e um roteiro de viajem com destino à Europa de avião e duas malas muito pesadas.

Com saída de Rio Branco, capital do Acre, passariam por Brasília direto para Lisboa, capital de Portugal, e depois, o destino final que seria Valência, terceira maior cidade da Espanha, onde possivelmente deixariam as malas.

Até então, nada suspeito,mas resolveram verificar as duas malas, que eram iguais. Ao retirarem o que havia dentro, ainda continuavam pesadas.

Foi quando perceberam, que havia algo estranho no forro que foi reforçado com cola, arrebite e papel carbono para passar pelos aparelhos de raio-x nos aeroportos. Com uma faca, perceberam que havia um pó com característica de entorpecente e, foi confirmado com o ‘narcoteste’ que seria cocaína refinada.

Sendo o bastante para realizar a vistoria completa arrancando o fundo falso das duas malas, suspeita-se que foram guardados mais de 10 quilos de cocaína pura que, caso chegassem na Europa, cada grama praticamente seria vendida a peso de ouro.

As duas foram autuadas em flagrante pelo crime de tráfico internacional de drogas e levadas para a delegacia da Polícia Federal em Epitaciolândia, onde as malas seriam desmontadas e pesariam para ver peso total do entorpecente.

Após lavrado o flagrante, as duas seriam encaminhadas ao presídio estadual na Capital, onde ficarão à disposição da Justiça. Com essa apreensão, são quase 20 quilos de cocaína impedidos de chegar à Capital em menos de 24 horas. (O alto Acre)

Trfico_Internacional_2

Trfico_Internacional_3

Trfico_Internacional_4

Trfico_Internacional_5

Trfico_Internacional_6

Trfico_Internacional_7

Trfico_Internacional_8

Assuntos desta notícia


Join the Conversation