Gladson conhece processo de virtualização do Judiciário e garante apoio em Brasília

O deputado federal Gladson Cameli (PP/AC) esteve na tarde da última quinta-feira, 24, conhecendo o processo de virtualização do Poder Judiciário do Estado.

Recebido pelo juiz auxiliar da presidência, Laudivon Nogueira, e pelo diretor de Planejamento e Orçamento do Tribunal de Justiça do Acre, Idalécio Galvão, Gladson visitou várias dependências da instituição e conheceu o trabalho de digitalização de todos os processos existentes no Poder, que somam hoje cerca de 100 mil em todo Acre.

O deputado, que também é presidente da Comissão da Amazônia na Câmara dos Deputados Federais, conversou com o vice-presidente do TJ, desembargador Samoel Evangelista e colocou-se a disposição para apoiar o Poder Judiciário no tocante a liberação de emendas orçamentárias.

Durante a visita, Idalécio disse que o TJ pretende ampliar o diálogo com a sociedade e com os representantes no Poder Legislativo para que todos conheçam o trabalho realizado pela instituição.

O juiz Laudivon Nogueira afirmou para Gladson Cameli que o processo eletrônico do TJ acreano está inserido numa nova filosofia de trabalho do judiciário que une celeridade, objetividade, acessibilidade, além de sustentabilidade ecológica e econômica.

“Tudo isso faz parte de um novo modelo de gestão que visa modernizar o Judiciário através de uma administração gerencial com foco em resultados”, disse ele.

O prazo para conclusão da digitalização dos processo é de dois anos e hoje uma equipe com 13 pessoas trabalham diariamente para scanear os documentos.

Samoel Evangelista destacou em sua conversa com Cameli que o Judiciário do Acre é visto como um dos mais eficientes do país e tem se esforçado cada vez mais para manter-se transparente, equilibrado e célere no sentido de atender bem a sociedade.

O desembargador também parabenizou o trabalho desenvolvido por Cameli como deputado federal do Acre no Congresso Nacional.
Gladson Cameli, que terá audiência em setembro com o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, disse que levará todas as informações sobre os avanços do Judiciário acreano para o plano nacional.

“Todos que estão trabalhando neste processo de virtualização estão de parabéns, principalmente os a presidência do Tribunal de Justiça do Acre por esta iniciativa tão importante e útil para os funcionários e para aqueles que precisam da mão da Justiça em suas vidas”, frisou o deputado. (Assessoria)

Assuntos desta notícia


Join the Conversation