Especialistas da Ufac visitam herbário em RO

Equipe composta por Marcos Silveira, doutor em Ecologia e pesquisador da Ufac (Universidade Federal do Acre), Flávio Obermuller, Mestre em Ecologia na Ufac, e Heloísa Polary e Dayane Almeida, acadêmicas do curso de Biologia da Ufac, esteve semana passada em Porto Velho para conhecer o acervo do Herbário “Dr. Ary Tupinambá Peña Pinheiro” da Faculdade São Lucas, um dos mais importantes da Amazônia. O pesquisador Marcos Silveira disse que a visita faz parte de projeto desenvolvido em parceria entre a Universidade Federal do Acre e o Jardim Botânico de Nova Iorque, que busca promover a integração de todas as coleções de botânicas do Sudoeste da Amazônia. Segundo Silveira, existe uma preocupação muito grande quanto aos dados de coleções existentes na região para a integração entre os herbários, especialmente quanto à informatização dos dados.

As alunas Heloísa Polary e Dayane Almeida são especialistas em Brahms (sistema de gestão flexível e poderosa base de dados para pesquisadores botânicos e herbários, que oferece funcionalidades inovadoras para montar, gerir, editar, analisar e publicar seus dados), e dão suporte para banco de dados único da flora no sudoeste amazônico. O processo de unificação do banco de dados da flora do sudoeste amazônico envolve os estados de Rondônia e Acre, parte do Amazonas, além do Peru e Bolívia. De acordo com Flávio Obermuller, a estimativa é de que em torno de 100 mil registros botânicos estejam integradas à base de dados unificada em 10 herbários de instituições governamentais e privadas. “O importante mesmo é o intercâmbio entre as instituições”, frisou Obermuller, informando que neste mês de setembro o herbário da Ufac receberá alunos dos cursos de Biologia da Faculdade São Lucas e da Universidade Federal de Rondônia.

O pesquisador Marcos Silveira disse que o convênio com a Fundação JRS, dos Estados Unidos, foi firmado em 2009 e deve se estender até 2013 e no sudoeste da Amazônia envolve em torno de 25 profis-sionais da área de Botânica e alunos das instituições parceiras. Em uma semana a equipe produziu em torno de 7 mil fotos de espécies catalogadas no acervo do herbário da Faculdade São Lucas, que possui uma média de 6 mil registros. Além da informatização dos dados do herbário, os pesquisadores Marcos Silveira e Flávio Obermuller também ministraram palestra, no Anfiteatro 4 do Campus Universitário da São Lucas, para alunos do curso de Ciências Biológicas, acompanhados do professor Narcísio Biggio, da Universidade Federal de Rondônia. (Do site Rondonioaovivo.com)

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation