Superintendente nacional da Caixa conhece projeto de desenvolvimento sócio-econômico do Estado

A superintendente nacional de Habitação da Caixa Econômica Federal, Bernadete Pinheiro acompanhada pelo superintendente da Caixa no Acre, Aurélio Cruz e sua equipe foram recebidos na manhã de ontem, 16, pelo governador Tião Viana e pelo secretário de Planejamento, Márcio Veríssimo.

O secretário apresentou a Bernadete Pinheiro e a equipe da Caixa no Acre os projetos que visam o desenvolvimento econômico, de infra-estrutura, de fortalecimento das atividades produtivas de investimentos na industrialização do Estado, etc.

Márcio Veríssimo explicou que os investimentos serão na ordem de R$ 685 milhões com recursos do BDES, mas haverá outras fontes como Caixa, BID, Luz para Todos, Bird (Banco Mundial) e PAC. A soma dessas fontes pode chegar a R$ 2,4 bilhões.

Na apresentação o secretário destacou que o Acre tem apresentado grandes avanços na melhoria de indicadores e de arrecadação. Ele ressaltou que em 1998 o Acre tinha dependência em 90% dos recursos federais e menos de 10% eram recursos de receita própria do Estado. Naquele ano o Estado registrava um orçamento de R$ 400 milhões.

“Hoje o Acre conseguiu reduzir a dependência dos recursos federais, avançando na sua busca pela maior independência e agora temos um orçamento de cerca de R$ 3,8 bi”, ressaltou.

Márcio Veríssimo explicou que o Acre já busca expandir suas ações para aumentar a arrecadação olhando o cenário econômico da macro região em que o Estado se encontra, que envolve Peru, Amazonas, Rondônia. O secretário Márcio Veríssimo destacou que política de desenvolvimento sócio-econômico também possibilitou processo de integração histórico para o Estado e lembrou que faltam apenas 70 Km para que a ligação entre o Vale do Acre e do Juruá seja concluída. (Agência Acre)

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation