Homem é acusado de seqüestrar e estuprar a afilhada de 9 anos

A dona-de-casa Maria, 32 anos, moradora de Plácido de Castro, procurou a Delegacia da Mulher na manhã de ontem, 8. Ela foi denunciar o ex-cunhado Francisco Ribamar, 48 anos, padrinho da filha de 9 anos dela. A mulher o acusa de ter estuprado e seqüestrado a sua filha.

De acordo com a denunciante, Francisco Ribamar era casado com a irmã dela. Junto, o casal criou a filha de Verônica, que tem hoje 9 anos. O casal se separou recentemente e a irmã de Verônica resolveu ‘devolver’ a sobrinha para a mãe. Só que Ribamar não aceitou a decisão e supostamente ‘seqüestrou’ a criança, levando-a para Bolívia.

Dias depois, através de uma denúncia anônima ao Conselho Tutelar de Plácido, foi informado que Francisco Ribamar estaria abusando sexualmente da afilhada. O conselho conseguiu resgatar a criança numa escola e a levou pra fazer exame de conjunção. O teste comprovou os abusos.

O exame teria sido realizado na sexta, 2 e Francisco teria ‘seqüestrado’ a criança novamente na segunda, 5, fugindo com a menor de novo pra Bolívia. A Polícia Civil tenta agora montar uma Força-Tarefa para localizar e prender o homem acusado de estuprar e seqüestrar a afilhada.

Assuntos desta notícia


Join the Conversation