Eletrobras distribui geladeiras e lâmpadas aos moradores do bairro Santa Inês

A Eletrobras Acre distribuiu na manhã desta quinta-feira cerca de 30 geladeiras e 120 lâmpadas fluorescentes para moradores do bairro Santa Inês. A entrega aconteceu na Escola Estadual Antônio Fernandes Freitas. A ação faz parte do projeto ‘Eletrobras na Comunidade’.

 Antes de fazer as entregas, uma equipe da Eletrobras vai às comunidades carentes. “Nossos agentes vão de porta a porta, identificar aquelas casas que tenham geladeiras velhas ou quebradas em uso. Cadastramos essa família e depois realizamos a troca tanto de geladeiras quanto de lâmpadas”, afirmou Henrique Tabosa, gerente do projeto.

 De acordo com Henrique, o objetivo é incentivar o baixo consumo de energia elétrica. “O projeto é destinado às unidades consumidoras de baixa renda, que têm o cadastro no Bolsa Família, no CadÚnico e que estejam adimplentes com a Eletrobras. O programa acontece desde o começo do ano e visa retirar o desperdício de energia das casas. Trocar a geladeira velha que consome muita energia por uma nova, mais econômica”.

 A dona de casa Creuza Monteiro aprovou o projeto. “Achei ótimo. A minha geladeira estava ruim, bem velhinha e eu não tinha condições financeiras de comprar outra. Estou muito feliz”.
Já a vendedora ambulante Rosa Oliveira espera que sua conta de luz venha mais barata. “Agora que vou trocar a minha geladeira, eu espero que a conta venha mais baixa. Estava muito cara e essa nova é mais econômica. Vai ser melhor para o meu bolso”, disse Rosa.

 O projeto é uma parceria entre o Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica, Eletrobras Distribuição Acre, Aneel, Ministério de Minas e Energia e Governo Federal. As geladeiras recolhidas serão enviadas para a reciclagem. “Essas geladeiras velhas não podem ser jogadas em qualquer ambiente. Então, as recolhemos e as destinamos para uma empresa em Minas Gerais, que faz a retirada do óleo refrigerante e do gás. As que possuem espumas, fazemos a trituração em um ambiente fechado para evitar que o gás vaze para a atmosfera. O restante é aproveitado: o cobre, os fios, o ferro. Nada é desperdiçado”, finalizou Henrique Tabosa.

Assuntos desta notícia

Join the Conversation