Greve do Saerb chega ao fim com reajuste de 6,22% para os trabalhadores

 Há alguns dias parados, os servidores do Serviço de Água e Esgoto de Rio Branco (Saerb) encerraram a greve nesta sexta-feira (30). Os funcionários reivindicavam a revisão do PCCSR (Plano de Carreira, Cargos, Salário e Remuneração), reajustes salariais e melhores condições de trabalho.

 De acordo com Marcelo Jucá, vereador e presidente do Sindicato dos Urbanitários, só houve problema em umas das propostas, mas será resolvido. “Só houve um impasse no valor do ticket alimentação. Dependendo das horas trabalhadas, o valor tem de ser alterado. Então, eles nos chamaram para uma nova conversa e acreditamos que iremos resolver isso o mais rápido possível.

 O vereador afirmou que as demais reivindicações foram analisadas e acordadas. “Após várias reuniões, conseguimos acertar um acordo. As demais reivindicações já estão resolvidas. Houve um reajuste de 6,22%. Terminamos a greve e os trabalhos voltam ao normal”.

Greve não afetou o atendimento – Apesar de vários servidores terem aderido a greve, o atendimento ao público não foi comprometido. Cerca de 30% dos funcionários estavam trabalhando neste setor.  Jamisson Vale, gerente comercial do Saerb, afirmou que não houve nenhum transtorno durante a greve. “Continuamos o atendimento tanto aqui no prédio como na OCA. Quem procurasse o nosso serviço não iria deixar de ser atendido por causa da greve”.

Assuntos desta notícia

Join the Conversation