Policiais Civis realizam assembleia e devem aderir greve nacional em abril

Os policiais civis do Acre realizaram, na manhã desta sexta-feira (16), uma assembleia geral. O evento aconteceu no auditório do colégio Armando Nogueira e teve como objetivo debater pautas de interesse da categoria. Durante a reunião, foram debatidos diversos assuntos, entre eles a pauta nacional, carreira única, regulamentação de direito de greve, piso salarial, convênios e outros.

 De acordo com Daniel Carneiro, diretor de ações jurídicas do Sindicato dos Policiais Civis do Acre (Sinpol/AC), a paralisação da categoria está prevista para o próximo mês. “Policiais Civis de todo o Brasil irão paralisar no dia 16 de abril, durante o período da manhã. Queremos melhorias para a categoria e vamos reivindicar pelos nossos direitos”.

 Durante a greve, policiais irão prestar informações à população. “Iremos estar próximos aos bancos para dar informações preventivas às pessoas, tais como evitar crimes nas saídas das agências bancárias, tais como estelionato e roubo. Não iremos interromper o tráfego nas ruas. O trânsito não será comprometido”, informou Daniel.

 Além disso, os policiais querem melhorias nas delegacias e mais policiais trabalhando. “Nossas delegacias precisam de uma estrutura melhor. Outro fator é que há poucos policiais civis trabalhando. Precisamos realizar um novo concurso público, pois a demanda é grande e o quadro de funcionários é pequeno. Além disso, o salário é insuficiente para suprir as nossas necessidades”, finalizou Daniel.
 

Assuntos desta notícia

Join the Conversation