Em reunião, clubes definem critério para escolha do representante acreano na Série D

Na reunião realizada na noite de ontem (11), entre os dirigentes dos clubes que disputam a 1ª Divisão do Campeonato Acreano e a Federação de Futebol do Acre (FFAC), na sede da entidade, foi definida a tabela do segundo turno do Estadual e o critério que será usado para a indicação do representante do Acre no Campeonato Brasileiro da Série D desse ano.

O returno tem início no próximo domingo (15), com o jogo entre Independência e Atlético Acreano, às 19h, no Estádio Arena da Floresta. Na preliminar, se enfrentam Rio Branco e Plácido de Castro, fechando o primeiro turno.
A fase de classificação do Estadual termina no dia 16 de maio. Nos dias 17 e 20 de maio serão disputadas as semifinais (ida e volta). O melhor time desse quadrangular vai ser o representante do Acre na Série D (se houver igualdade de pontos e nos critérios de desempate, a definição será feita por sorteio). As finais estão marcadas para os dias 23 e 30.

Segundo o presidente da FFAC, Antônio Aquino, apesar do calendário apertado e da mudança no regulamento, não existe a possibilidade do Estado não participar da 4ª Divisão. “O Acre não vai ficar sem representante na Série D. Se algum clube quiser atrapalhar, não vai adiantar, porque nós vamos indicar um time de qualquer jeito”, garantiu o cartola.

Vetado – Antônio Aquino se reuniu na manhã da última terça-feira (10) com o Ministério Público, e anunciou que o órgão vetou o Estádio Antônio Araújo Lopes, de Epitaciolândia. Com isso, os jogos do segundo turno serão disputados em três estádios: Arena da Floresta e Antônio Aquino (Florestão), ambos na capital, e Arena do Juruá, em Cruzeiro do Sul.

Julgamentos – Os processos que seriam julgados pelo Tribunal de Justiça Desportiva (TJD/AC) na noite de ontem foram adiados para a próxima semana, já que dois auditores tinham outros compromissos no mesmo horário.

Assuntos desta notícia

Join the Conversation