Pular para o conteúdo

Moradores fecham Waldomiro Lopes

 Moradores revoltados com a situação do Bairro da Paz interditaram a rua Waldomiro Lopes, desde as primeiras horas da manhã desta quarta-feira (14). Obras de pavimentação não concluídas estão entre as reivindicações. A Polícia Militar e agentes de trânsito estiveram no local para orientar os condutores e garantir a segurança dos manifestantes.

 Os moradores confirmam que os problemas no bairro começaram há três anos. Maria Davi mora do bairro há 18 anos e afirma que no período de verão ela sofre com a poeira e no inverno o problema é a lama.

“As empresas que estavam trabalhando aqui arrancaram o asfalto para colocar as redes de esgoto e depois não voltaram para asfaltar a rua”, denuncia a moradora.

 Além disso, a rede de esgoto trouxe mais prejuízo que benefício. “Não sei que serviço que eles fizeram, mas o esgoto está dando retorno dentro do meu banheiro. Eu vendia cachorro quente para complementar o orçamento, mas tive que parar porque o esgoto invade meu quintal. O mau cheiro é insuportável”, reclama Maria Davi.

 Os manifestantes liberaram a pista por volta das 9h30, após representantes da prefeitura, comparecerem ao local e agendar uma reunião com os moradores na próxima sexta-feira, 16, na Igreja Nossa Senhora de Fátima. O diretor das regionais da Secretaria de Articulação Institucional, Francisco Pereira, confirmou que no bairro existem várias obras em andamento de diversas fontes de recurso.

“As reivindicações da comunidade são justas. Os esgotos não finalizaram porque aqui tem três tipos de financiamentos, tem o Ruas do Povo, BNDES e o PAC, então cada um tem processo diferente. A proposta é que ainda esse ano o bairro seja entregue”.