Pular para o conteúdo

Produtores recebem mais de R$ 300 mil em equipamentos

 Diminuir a pobreza, aumentar a renda e oferecer uma oportunidade de futuro melhor para os filhos dos produtores. Resolver essa equação é o desafio do governo Tião Viana, e uma das soluções encontradas é investir em políticas públicas voltadas para o homem do campo, buscando o desenvolvimento econômico sem afetar o meio ambiente.

 Dentro dessa lógica, o governo entregou nesta sexta-feira, 9, em Porto Walter, equipamentos para os produtores de feijão e farinha, além de máquinas para auxiliar a produção dos carpinteiros navais. A ação faz parte do Programa de Fortalecimento das Cadeias Produtivas Prioritárias – Grãos e Farinha. Foram entregues 15 debulhadeiras de feijão para atender 15 comunidades, 80 kits de casa de farinha e três barcos de alumínio com motor.

 “Essa é uma homenagem à sabedoria popular, ao trabalho do homem do campo. Nós sabemos da luta do dia a dia, das dificuldades. O nosso governo estende a mão ao produtor rural por entender a importância desses trabalhadores. O governo traz os equipamentos que as comunidades disseram que precisavam, e esse é um sinal do nosso compromisso com os produtores”, disse o governador Tião Viana.

 O investimento é de R$ 240 mil, com recursos do Programa de Inclusão Social e Desenvolvimento Econômico Sustentável do Estado do Acre (Proacre). Também foram entregues equipamentos para carpinteiros navais, beneficiando quatro famílias, no valor de R$ 120 mil.

 “Nós somos os que mais precisam do apoio do governo. Somos nós que botamos alimento na mesa do rico, derramando o nosso suor e muitas vezes o nosso sangue para conseguir dar o que comer aos nossos filhos. Esses equipamentos vão ajudar demais porque diminuem o nosso trabalho e fazem aumentar a produção”, disse o presidente da Associação de Seringueiros e Produtores do Natal (Asan), Assis Pereira.

 Os equipamentos, segundo o secretário de Indústria e Comércio, Edvaldo Magalhães, vão beneficiar muitas famílias. (Agência de Notícias do Acre)