Pular para o conteúdo

Tião Viana entrega tablets e ônibus escolares em Manoel Urbano e Sena Madureira

Para acompanhar a garotada, cada vez mais conectada com as novas tecnologias digitais, o Governo do Estado investiu na compra de computadores de mão – os tablets – para todos os professores da rede pública que lecionam no ensino médio. E para garantir a presença dos alunos nas escolas o governador Tião Viana adquiriu uma frota de 92 ônibus escolares com o apoio da presidenta Dilma Rousseff. Nesta terça-feira, 24, foi a vez das cidades de Sena Madureira e Manoel Urbano receberem os investimentos em educação. Além da entrega dos veículos e dos tablets, também foi assinada ordem de serviço para construção de oito escolas indígenas nos dois municípios.

“Os professores recebem os tablets para que planejem melhor a formação dos alunos, o plano de aulas, para que possam acessar as bibliotecas do mundo inteiro e trazer mais informação para os alunos. Cada aluno que tem aqui tem um sonho, mas para sonhar é preciso acreditar e superar as barreiras. É preciso esforço, dedicação. O que o governo traz pra vocês é o desejo de vitória, mas tem que treinar, se dedicar muito”, disse o governador Tião Viana.

Tião Viana, que é doutor em medicina e professor universitário, encorajou os estudantes a seguir em frente nos estudos: “Quando eu estudei, a nossa escola não tinha computador, televisão, internet, biblioteca, laboratório de informática, de ciências. E eu acreditei, me tornei médico, tenho quatro especializações e sou professor da universidade. Quero que vocês também acreditem nos seus sonhos”, incentivou.

Antônio Raimundo da Cruz Alvez, professor do ensino médio, lembrou que todas as nações que evoluíram, evoluíram porque investiram em educação. “E hoje nós agradecemos não apenas pela reforma da escola, pelos tablets ou transporte escolar. Hoje temos ruas pavimentadas que tiraram nossos alunos do meio da lama, ônibus que traz e leva os nossos alunos da zona urbana e rural e muitos investimentos também na nossa cidade. Em Manoel Urbano isso é histórico e tudo beneficia a escola e a comunidade”, disse o professor de Manoel Urbano.

No Estado são 2.411 tablets num investimento de quase R$ 1 milhão. Os computadores de mão são preparados com programas educacionais e acesso aos portais educativos. Os equipamentos foram adquiridos com recursos do Plano de Ações Articuladas, do Ministério da Educação. Em Manoel Urbano foram entregues 26 tablets e em Sena Madureira, 67.

Os ônibus entregues hoje integram a frota de 92 veículos que foram adquiridos pelo Governo do Estado por meio do programa Caminho da Escola, do Ministério da Educação, num investimento de R$ 21 milhões. Treze municípios foram contemplados com os veículos. Alguns são traçados para suportar os ramais e uma parte da frota está adequada ao transporte de cadeirantes. Manoel Urbano recebeu um veículo e Sena Madureira, três.

“Na minha época nós tínhamos um quadro negro, o giz, um professor e a vontade de estudar. Hoje poucas escolas particulares têm a estrutura de uma escola pública como esta em Sena Madureira e todos estes investimentos, todo o esforço que o governo tem feito, já colocou o Acre entre os sete primeiros estados nos indicadores de educação”, disse o assessor do governo e ex-prefeito de Rio Branco, Raimundo Angelim, educador com mais trinta anos de sala de aula.

O prefeito de Sena Madureira, Mano Rufino, disse que “Sena Madureira está completando 109 anos de história e esta estrutura da escola é mais um presente que recebemos do Governo do Estado. Sabemos das dificuldades que passa o estado, o país e o mundo, mas os investimentos na educação, nos ramais, na produção agrícola, e em outras áreas, não têm parado, porque o governador Tião Viana nunca fechou as portas para Sena Madureira”, comentou.

“O nosso sonho é entregar esse equipamento para todos os professores. Os nossos alunos têm facilidade em lidar com tecnologia e o professor precisa acompanhar esse talento natural dos jovens, aprendendo a lidar com a ferramenta digital”, disse o secretário de Educação, Daniel Zen.

Educação indígena é prioridade
O governador também assinou a ordem de serviço para a construção de três escolas indígenas em Manoel Urbano, nas aldeias Santa Julia, Alto Bonito e Santo Amaro, num investimento total de R$ 150 mil. “É muito importante levar tanto para as escolas rurais quanto para as indígenas, a mesma dignidade que desfrutam os estudantes da cidade. É educação de qualidade com o mesmo compromisso que a gente tem com a educação urbana”, acrescentou o secretário Daniel Zen.

Em Sena Madureira serão construídas cinco escolas, distribuídas nas aldeias da etnia Jaminawa: Buenos Aires, Igarapé Preto, Boca do Canamari, Kayapucá e Sete Estrelas, num investimento de R$ 270 mil. As obras em Sena Madureira beneficiação 67 alunos do primeiro segmento do ensino fundamental.

Reformas – Em Manoel Urbano, foi entregue a reforma da Escola Estadual Nazira Anute, que custou cerca de R$ 300 mil, e o governo assumiu o compromisso de construir uma quadra de esportes. Em Sena Madureira a Escola Siqueira de Menezes foi reinaugurada após uma ampla reforma, orçada em mais de R$ 1,1 milhão. A escola leva o nome do fundador do município e hoje faz parte da rede educacional da cidade. O prédio começou a ser construído em 1971. (Tatiana Campos)