Pular para o conteúdo

“Acho que o Vagner Sales renunciaria para apoiar o Márcio Bittar”, diz presidente da Câmara de Cruzeiro

O presidente da Câmara de Cruzeiro do Sul, Romário Tavares (PSDB), disse que até março de 2014 a oposição poderá chegar a um entendimento quanto à candidatura ao Governo do Estado. Ele acrescentou que Vagner Sales (PMDB) ainda poderá rever a sua decisão e apoiar Márcio Bittar (PSDB).

“Em março tudo isso se define. Tenho certeza em uma aliança entre o PSDB e o PMDB. Acredito que o Vagner Sales renunciaria, sim, para apoiar o Márcio Bittar, sendo seu vice na chapa”, disse Tavares.

De acordo com o parlamentar, o deputado federal Márcio Bittar também poderá renunciar a vaga de governador e aceitar ser vice com Sales. “O Márcio é muito preparado e equilibrado. Acredito que isso poderia acontecer de ele ser vice de Vagner Sales”, salientou.
Saindo deste assunto de política, o presidente do Executivo municipal cruzeirense falou, também, de um anteprojeto de autoria da Câmara que reduz a jornada de trabalho de 40 para 30h dos profissionais em Enfermagem.

“Enviamos o projeto ao prefeito Vagner Sales e esperamos que ele envie à Câmara para que aprovemos. Isso trará uma eficiência maior na Saúde. Uma melhor prestação dos serviços por parte dos servidores”, disse o vereador.

Romário Tavares disse ainda que a Câmara aprovou um Projeto de Lei de sua autoria que proíbe a entrada em estabelecimentos comerciais, igrejas, repartições pública de pessoas usando capacetes. “A ideia é conter a violência. É uma medida de segurança”.