Pular para o conteúdo

Gazetinhas 04/10/2013

* Bastante concorrida e a inauguração ontem da operadora NET, com a presença do ministro das Comunicações, Paulo Bernardo.

* Como a concorrência é sempre saudável, a esperança dos usuários é que os serviços melhorem com mais esta opção e com a chegada da banda larga.

* Só alguém precisa avisar ao pessoal da NET que a desculpa das mucuras e outros bichos, quando os serviços não funcionam, já está manjada.

* Teve até um protesto contra a Rede Globo, mas pacífico, sem “black blocs”.

* Na política nacional, a expectativa ontem era se o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) iria ou não aprovar a criação da Rede Sustentabilidade, o partido da ex-ministra e ex-senadora Marina Silva.

* Até o começo da tarde, ainda era uma incógnita.

* Pelas contas da Justiça Eleitoral, a Rede teria conseguido 442 mil assinaturas, sendo que o exigido seria 492 mil.

* Segundo o Ministério Público Eleitoral e alguns ministros do TSE, como Marco Aurélio de Mello, sem o número exigido, nada poderia ser feito.

* Mas outro ministro, Gilmar Mendes, saiu em defesa da ex-ministra, reconhecendo sua representatividade e densidade política, dizendo que a Justiça não pode decidir apenas por uma conta “aritmética”.

* Na chamada grande imprensa, a torcida pela aprovação da Rede também era grande, mas aí por outros motivos.

* Não exatamente porque a grande mídia aprova o ideário político da ex-senadora, mas porque sem ela na corrida presidencial, a presidenta Dilma terá mais facilidades para garantir sua reeleição.

* E, a julgar pelas últimas pesquisas, poderá se reeleger no primeiro turno, já que o candidato tucano Aécio Neves e o governador de Pernambuco não decolam.

* Na política local, só alguns deputados e prefeitos que ‘pularam de galho’, mudaram de partido nesses últimos dias.

* O deputado Walter Prado, campeão olímpico nessa modalidade, foi um deles.

* Como se vem divulgando, o prazo estabelecido pela Justiça Eleitoral encerra amanhã, 5. Exatamente, um ano antes das eleições.

* Pelas contas feitas até ontem, quem saiu ganhando foi a Frente Popular, que contaria com 17 partidos.

* E ontem puxou para suas fileiras o prefeito de Acrelândia, Jonas da Farmácia.

* Lembram de Acrelândia?

* Leitor manda e-mail pedindo que a Eletrobras, SEOP, prefeitura ou quem de responsabilidade, substitua as luminárias queimadas da rua que dá acesso Av. Chico Mendes, passando pelo 14 BIS, até a Amadeo Barbosa.

* Com as luminárias queimadas, o local tornou-se um antro de marginais. Há poucos dias atacaram a mulher de um policial.

* Ele já apelou para todos esses órgãos e nada até agora. Segundo ele, resta apelar ao papa Francisco.

* Moradores do Ramal Brindeiro, na AC 40, também estão reclamando que a prefeitura ou não sabem quem despejou carradas de barro no local, mas esqueceu do principal:

* de espalhar o barro e tapar os buracos. O bom prefeito Marcus Alexandre precisa ver isso.

* Dono da Ympactus (Telexfree), Carlos Costa, fez anteontem uma vídeo conferência com alguns dos principais divulgadores aqui do Acre.

* Aí tem.