Pular para o conteúdo

Biblioteca Pública de Cruzeiro será entregue até o Natal, com acervo de 4 mil livros

Biblioteca Pública Estadual de CZS - FOTO BRENNA AMÂNCIOCruzeiro do Sul terá novamente uma Biblioteca Pública à altura da vasta riqueza sociocultural da sua população. Em visita à maior cidade do Juruá no final da semana passada, o governador Tião Viana adiantou que o prédio da biblioteca já está quase finalizado e será inaugurado até o final deste ano. O governador ainda garantiu um acervo com mais de 4 mil títulos para o local.

“A biblioteca foi totalmente reformada e ampliada. Pensamos muito na questão da acessibilidade das pessoas portadoras de necessidades especiais. E sei que, com certeza, será um dos prédios mais belos de Cruzeiro do Sul. A inauguração acontecerá antes do final do ano, sendo o nosso presente de Natal para a cidade”, declarou Tião Viana, que é um amante da literatura e aposta muito nela para contribuir no desenvolvimento intelectual da comunidade sul cruzeirense.

O edifício da Biblioteca Pública estadual já é um símbolo histórico de Cruzeiro. Ele conta com um espaço de 4 andares (3 pisos, mais o mezanino), totalizando mais de 1.500 m². As obras da reforma custaram R$ 4,912 milhões.

Os espaços da biblioteca pública foram bem otimizados. Nela, haverá um canto para os estudos e contações de histórias em grupos, seções organizadas, rampas eletrônicas, corredores largos para a melhor circulação de pessoas, portas bem espaçosas (que lembram verdadeiros portais) e várias áreas para as exposições que o recinto deve receber, além de um elevador moderno.

A decoração interna tem seus retoques finais sendo planejados. Já na parte externa, o prédio é coberto de amplas janelas de blindex com fumê escuro, possibilitando que quem esteja dentro tenha uma visão panorâmica da cidade e de suas maravilhas naturais. A arquitetura geral da biblioteca rebusca traços bem coloniais e valoriza muito as áreas internas. A própria ala do acervo de livros será bem vasta, assim como os títulos que a biblioteca deve receber. (Foto: Brenna Amâncio)