Pular para o conteúdo

Estudante é atropelado e morre ao descer de ônibus escolar na BR 364

 Mais uma morte na BR 364, no km 69, do trecho para Sena Madureira, também conhecida como ‘estrada da morte’, aconteceu na noite de segunda-feira, 8. Nos últimos meses, a estrada fez dezenas de vítimas fatais. Outros ficaram mutilados ou com sequelas permanentes.

 A vítima foi um adolescente de 14 anos, aluno da Escola Rural José Cesário de Farias. O rapaz foi atropelado e morto após descer do ônibus escolar e atravessar a rodovia distraído com um celular. Ele foi atropelado por uma caminhonete, que fazia o trajeto Sena Madureira/Rio Branco, na altura do km 69, em frente da Fazenda São Geraldo. O menor morava lá, em companhia de um irmão caçula e do pai, que é administrador da fazenda.

 De acordo com o motorista do ônibus escolar, ele parou a cerca de 15 metros da estrada da fazenda e, como de costume, saiu devagar esperando o adolescente atravessar a estrada para entrar no portão da fazenda. Quando olhou para o retrovisor, ele viu o menor de cabeça baixa e mexendo no celular. Logo em seguida, surgiu uma caminhonete no sentido contrário. O motorista testemunhou a pior cena já vista em toda sua vida. O corpo do adolescente foi arremessado por mais de 50 metros e caiu fora da pista.

“Entrei em desespero. Dei ré no ônibus e corri para socorrer o aluno. Ele caiu  entre o asfalto e a entrada da fazenda. O motorista da caminhonete correu também para socorrê-lo. Juntos levamos ele para o acostamento da estrada. O coração do adolescente ainda batia. Gritei por socorro quando apareceu o pai do menor, o proprietário da fazenda. Outros populares que passavam na hora do acidente ligaram para o Samu. Minha vontade era de levá-lo ao Pronto Socorro, mas disseram que não podíamos mexer com ele, pois poderíamos matá-lo. O motorista da caminhonete não teve culpa. Ele foi tão surpreendido quanto eu!”, narrou.

 O motorista da caminhonete permaneceu no local, acionou socorro e ficou aguardando a chegada da PRF, que o conduziu para a Delegacia de Flagrantes da 1ª regional.

estudantembr1

estudantembr2

estudantembr3