Pular para o conteúdo

Briga entre colonos termina com um morto e outro gravemente ferido

Briga entre Colonos termina com um morto e outro gravemente ferido 4A bebida alcoólica foi mais uma vez o estopim para a violência na zona rural de Rio Branco. Na noite de sábado (29), uma bebedeira no Ramal Cajazeira terminou de forma trágica, com a morte de um homem e ferimentos graves em outro.

De acordo com informações, vários moradores do Ramal Cajazeira e outros próximos se reuniram em uma festa realizada numa colônia. Durante a festança, cinco homens começaram a discutir e depois partiram para a briga. A confusão terminou com Cleison Queiroz da Silva, 25 anos, sendo assassinado com um golpe de faca em cima do peito esquerdo e outro nas costas. Os golpes teriam sido desferidos por Leandro da Silva Souza, 27 anos.

Segundo o que foi apurado, mesmo ferido, Cleison Queiroz ainda conseguiu golpear Leandro nas costas. Em seguida, outro homem, identificado pelo apelido de ‘Branco’, desferiu mais um golpe no rosto de Leandro. O golpe atingiu a orelha e a boca do rapaz.

Sangrando muito e perseguido por ‘Branco’, Leandro conseguiu fugir em uma moto YBR 125, de placa MZX 6638, pilotada por um colono identificado pelo apelido de ‘Louro’. O colono levou Leandro para a  fazenda onde trabalha.

No local, parentes de Leandro conseguiram ligar para o Samu e pedir socorro para a vítima. O rapaz apresentava 2 ferimentos a faca, um no rosto e outro nas costas.

O chamado de socorro foi imediatamente comunicado à Polícia Militar, que enviou uma guarnição ao local.

A equipe do Samu socorreu Leandro, pois o corte nas costas teria atingido o pulmão e ele corria risco de morte.

A vítima deu entrada no Pronto Socorro em estado grave e foi submetida à cirurgia de emergência . Leandro ainda se encontra internado na UTI do Pronto Socorro de Rio Branco.

O corpo de Cleison foi resgatado por peritos e auxiliares de necropsia do IML.

A Polícia Civil começa a ouvir as testemunhas do crime nesta segunda-feira (30). Se confirmar a participação de Leandro Silva na morte de Cleison Queiroz, após receber alta médica, ele será encaminhado à delegacia e poderá ser indiciado por homicídio.