Pular para o conteúdo

AC capacita técnicos para implementação do Cadastro Ambiental Rural (CAR)

cadastro ambiental ruralO Acre será o primeiro estado da Amazônia Brasileira a disponibilizar o módulo de Cadastro Ambiental Rural do Sicar (Sistema de Cadastro Ambiental Rural), a todos seus produtores. Visando capacitação para operação da plataforma que realiza o cadastramento, foi realizado entre os dias 7 e 8, nas dependências da Funtac (Fundação de Tecnologia do Acre), o treinamento em campo de 30 técnicos acreanos de diversas instituições. Os responsáveis pela capacitação foram os analistas de sistemas Ronan Cabral e Lucca Prieto, o diretor de Tecnologia da Informação Samuel Campos, ambos pela Universidade de Lavras/MG, contando ainda com Pedro Salles, analista ambiental do Ibama. O secretário de Meio Ambiente do Acre, Edegard de Deus e o presidente do Imac, Fernando Lima, também acompanharam o treinamento.

Além do domínio dos aplicativos (programas) para a inscrição, os técnicos receberam formação relacionada à legislação ambiental e uso adequado das imagens em alta resolução (escala 1/50.000, com visão até 5 metros do solo) do satélite alemão Rapid Eye. As imagens foram adquiridas pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA) e estarão sendo disponibilizadas aos produtores rurais, de forma gratuita e atualizada, pelos próximos cinco anos.

Investimentos na ordem de R$ 17 milhões
 O CAR é obrigatório e o produtor não cadastrado enfrentará restrições para o crédito rural junto às instituições financeiras, tendo um prazo de cinco anos para efetivar sua regularização. Para sua aplicação efetiva, realizada através do cadastramento pontual em cada propriedade, contará com investimentos na ordem de R$ 17 milhões, obtidos graças ao empenho do governador Tião Via-na e da ministra de Meio Ambiente, Isabella Teixeira junto ao BNDES/Fundo Amazônia.

O BNDES disponibilizará os recursos para formação técnica e implementação do CAR através de assinatura de contrato a ser efetivado no dia 13, na cidade do Rio de Janeiro, contando com a presença do governador do Estado, da ministra de meio ambiente, do presidente do BNDES Luciano Coutinho e dos senadores acreanos Aníbal Diniz e Jorge Viana.

Segundo o secretário de meio ambiente do Acre, Edegard de Deus, os recursos serão aplicados na contratação e formação de corpo técnico suficiente para levar o aplicativo para a totalidade das propriedades rurais presentes no Estado, com o desenvolvimento de uma base cartográfica de referência e apoio aos pequenos produtores na regularização ambiental. O CAR proporcionará segurança jurídica no campo e acesso a financiamentos e programas de governo.

Segundo o diretor de gestão estratégica do MMA, Raimundo Deusdará, o cadastramento está agora facilitado. “O CAR é o maior cadastro ambiental já realizado no mundo. O produtor poderá realizar seu cadastramento com segurança e tranquilidade, com apoio técnico do MMA, Ibama e também órgãos ambientais de produção e de extensão rural do Acre, tendo sua regularização assim efetivada. Vamos disponibilizar e fazer a capacitação da ferramenta em todos os estados brasileiros”, conclui. (Maurício de Lara Galvão / Assessoria Sema)