Pular para o conteúdo

Mais policiais do Acre vão integrar a Força Nacional

Tenente Aguiar fala da experiência na Força e sargento Círio sobre as expectativas Foto Val Fernandes Secom 
Uma nova equipe de policiais militares do Acre embarca no próximo sábado, 18, para juntar-se à Força Nacional de Segurança Pública (FNSP). Todos os anos, parte do efetivo do Estado é deslocado para atuar no programa, que é coordenado pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) e executado por policiais de todo o país.
De acordo com o subcomandante da Polícia Militar, coronel Mário César, a parceria do Estado com a Senasp é uma via dupla de benefícios, haja vista que os policiais ficam a serviço do órgão e em contrapartida o Estado tem o retorno em material e equipamentos na área de segurança.

“Essa interação é bastante proveitosa para os nossos profissionais porque eles veem a realidade de outros estados, atuam junto a outras polícias e ganham muito em experiência”, comentou Mário César.

O desafio

“A dificuldade da separação da família, dos nossos laços, é a parte complicada disso; os demais aspectos eu diria que todos são somas para a nossa carreira”, afirmou o tenente Aguiar, que voltou recentemente da Força Nacional, depois de dois anos.

 Quem também aceitou o desafio de difundir o trabalho da PM do Acre pelos demais estados foi o sargento Círio, que estará vinculado ao órgão a partir de agora. “A expectativa é grande porque sei que é um legado muito importante que trazemos de lá, afinal, é uma oportunidade de interagir com outras polícias e vivenciar outras realidades, com certeza será um momento de novidades e de aprendizado também”, contou Círio.

 Todos os profissionais vão com a certeza de que o conhecimento adquirido poderá ser multiplicado quando retornarem. “Temos a consciência de que além de desenvolver nosso papel com eficiência, estamos levando o nome do Acre, que já é bem visto nos demais estados”, completou Aguiar.