Pular para o conteúdo

Peru reforçará o controle fronteiriço entre as cidades de Assis Brasil e Iñapari

alfandega 1O posto de fiscalização situado na fronteira de Iñapari (Peru) com a cidade de Assis Brasil/Acre (Brasil) estará interconectado em tempo real, a partir de março, com a rede de migração peruana com objetivo de controlar e monitorar o fluxo de peruanos e estrangeiros com a proximidade do campeonato mundial de futebol, Copa do Mundo 2014, que acontece em 12 cidades brasileiras.

Segundo informações da Superintendência Nacional de Migrações do Peru, o posto de fiscalização em Iñapari estará conectado com os demais postos migratórios, situados no Aeroporto Internacional Jorge Chavez, em Tacna (fronteira com Chile), em Tumbes com Equador, Puno com Bolívia, em Iquitos e Puerto de Callao.

De acordo com dados divulgados pelo escritório geral de tecnologia de Informação, comunicação e estatística da superintendência de Migrações, entre os meses de janeiro a novembro de 2013 ingressaram ao Peru, via Interoceânica Sul, 13.276 cidadãos estrangeiros. Desses, 13.259 saíram do país pela fronteira em Iñapari.

Já os peruanos que registraram sua saída na fronteira, com destino ao Brasil, foram 15.124 pessoas, via Iñapari/Assis Brasil (Acre/Brasil). Desses, 11.932 regressaram ao Peru pelo mesmo posto fiscal.

Peruanos e brasileiros não necessitam de visto para ingresso nos respectivos países graças a um acordo bilateral. Para cruzar a fronteira, basta que ambos os cidadãos apresentem documento de identidade ou passaporte. (Angêla Rodrigues / Jornal El Pueblo, Arequipa Peru)