Pular para o conteúdo

Homem tem carro incendiado no município de Sena Madureira

Carro foi completamento destruído pelo fogo Foto Wagner Menezes Arquivo PessoalUm carro foi incendiado na madrugada da última sexta-feira (10) no município de Sena Madureira, distante 144 km de Rio Branco. O veículo pertencia ao promotor de eventos Wagner Menezes que estima ter tido um prejuízo de aproximadamente R$ 50 mil, já que além do veículo alguns equipamentos eletrônicos que estavam dentro do carro também foram queimados.

Menezes conta que como a rua onde fica a casa em que ele estava, não é asfaltada e havia chovido muito naquele dia, acabou deixando o carro estacionado a uma distância de aproximadamente 70 metros de sua casa, com receio de que o carro acabasse atolando na lama.

Por volta de 3h da manhã ele foi acordado por vizinhos alertando para o incêndio. “Corri até lá e quando cheguei a polícia estava lá e os bombeiros terminavam de apagar o incêndio, mas não havia sobrado nada, como diz o ditado só as cinzas”, diz.

Além do veículo, um Fiat Strada modelo 2010, o promotor de eventos perdeu um notebook, uma bateria, alto-falantes, um bebedouro que estava na carroceria e R$ 500.

Wagner Menezes diz que esse não é o primeiro caso que ocorre no Bairro Areal, uma área que seria violenta. “Já aconteceu de colocarem fogo em outro carro lá, mas o dono chegou a tempo. Dois meses atrás nesse mesmo local vi dois rapazes tentando furar o pneu de minha moto”, diz.

Ainda abalado, ele diz que está sendo complicado lidar com a situação. “É difícil você trabalhar, lutar para ter coisas e alguém de repente pegasse R$ 50 mil e jogasse na fogueira. Mesmo que a polícia prenda não tem nada o que fazer, é lamentar, trabalhar e tentar reconstruir novamente”, enfatiza.

Incêndio criminoso – O caso foi registrado na Delegacia Geral de Sena Madureira sob responsabilidade do delegado Antônio Alcestes. Ele diz que testemunhas estão sendo ouvidas, mas por enquanto ainda não há pistas de suspeitos.

“A gente está procedendo as investigações. O carro já passou por perícia, o incêndio foi criminoso e as investigações prosseguem para identificação dos autores e elucidarmos o crime”, diz. (Yuri Marcel, do G1/AC/ Foto: Cedida)