Pular para o conteúdo

Denílson Segóvia é apontado como deputado que menos trabalhou em 2013, diz relatório

denilson04082011O deputado Denílson Segóvia (PEN) teve o pior desempenho parlamentar em 2013, segundo balanço feito pela Subsecretaria de Atividades Legislativas divulgado no início da semana. O parlamentar apresentou apenas 1 emenda aditiva, ou seja, uma proposição a alguma lei existente.

À GAZETA entrou em contato com o parlamentar, que está no interior de São Paulo que esclareceu está sendo alvo de ‘perseguições’ e mostrou-se surpreso com o boletim divulgado pela Casa Legislativa. Ele afirmou, ainda, que há deputados que não comparecem nas sessões e mesmo assim foram listados com bom desempenho. Reforçou que sua participação maior foi nas Comissões que preside na Casa como a Comissão de Direitos Humanos e Minorias.

“Tem deputado que nem faz nada aí. O que o Chico Viga fez? O Hélder Paiva? A Maria Antônia? Isso é perseguição contra a minha pessoa. Perseguição contra mim e contra o Lira [deputado Lira Morais] para nos enfraquecer. Coisa de quem não tem o que fazer. Trabalhei feito um cavalo nas Comissões esse ano”, dispara o deputado ecológico.

O parlamentar que mais teve matérias de sua autoria aprovada na Casa foi o deputado Eber Machado (PSDC). Um total de 17, seguido pelo deputado Manoel Moraes (PSB) com 16 proposições aprovadas. A Subsecretaria da Casa informou que há equívocos entre os parlamentares sobre o que é projeto aprovado e apresentado, ou seja, nem tudo que é apresentado deve ser necessariamente aprovado. Em geral, tanto de indicações, requerimentos, projetos de lei, leis complementares, o deputado Edvaldo Souza (PSDC) ficou em 1º pelo total apresentado, ou seja, 78 proposituras.

O relatório informa, também, que foram realizadas 8 audiências públicas, sendo 3 delas pela Comissão de Saúde e Assistência Social, que tem como presidente, o deputado Eduardo Farias (PCdoB). As Comissões de Direitos Humanos e Cidadania, Educação Cultura e Desporto, Legislação Participativa e a Comissão de Segurança Pública realizaram 1 audiência pública cada.

Também foram apreciados 4 projetos de Lei, ainda de 2012, que estavam pendentes. Desse número, 3 foram aprovados e 1 vetado.

(Foto: Cedida)