Pular para o conteúdo

Tião Viana leva solidariedade às famílias abrigadas no Parque

O governador Tião Viana encerrou as atividades desta sexta-feira, 21, fazendo uma visita às 327 famílias que deixaram suas casas por causa da cheia do rio Acre e estão abrigadas no Parque de Exposições Humberto Marechal Castelo Branco. O prefeito Marcus Alexandre acompanhou Tião na visita aos boxes e ambos conversaram com os abrigados no parque.

“Vim, acompanhado pelo prefeito, saber se está tudo funcionando adequadamente, nas condições devidas. A nossa luta é para que essas pessoas alcancem um lar digno muito em breve. Graças a Deus aqui o ambiente é de dignidade, de respeito e as equipes transmitem a sensação de bom acolhimento e há muito respeito por parte da Prefeitura e dos órgãos de Defesa Civil”, disse.

Tião Viana afirmou ainda que o governo do Estado segue de mãos dadas com a Prefeitura de Rio Branco na defesa da solidariedade e do respeito à dignidade dos desabrigados pela cheia.  “Se Deus quiser não vai demorar o dia que elas estarão livres da alagação que as atinge todos os anos porque nós estamos entregando muitas casas. Este ano já foram mais de 240 casas e já vamos caminhar para entrega de milhares moradias ainda este ano”, completou Tião.

Marcus Alexandre disse que o município tem muito a agradecer ao governador Tião Viana porque, de acordo com o prefeito, logo que o rio começou a elevar o nível das águas Tião Viana reuniu as equipes e assegurou apoio total a prefeitura.

“Estamos tendo apoio do Corpo de Bombeiros, da Polícia Militar, de todas as equipes da Defesa Civil do Estado para poder prestar solidariedade e ajudar as famílias. O apoio do Acre Solidário, da primeira-dama Marlúcia Cândida, e com o apoio do governador Tião Viana conseguimos chegar aonde precisa e estender a mão aos que precisam, ter condição de atendimento na velocidade que se precisa por conta das cheias dos rios”, comentou o prefeito de Rio Branco.

De acordo com dados da prefeitura, nesta sexta-feira estavam abrigadas no Parque de Exposições 1.297 pessoas. Para o público infantil, que já chega a 456 crianças, há uma programação especial que inclui atividades de recreação e cultura com apresentações teatrais e exibição de filmes. Além disso, são distribuídas refeições para os abrigados e há um posto de saúde, dentro do parque, com quatro médicos atendendo diariamente. (Secom)