Policiais do Bope recebem treinamento para operações que necessitem de apoio aéreo

Policiais são instruídos sobre embarque e desembarque Foto Diego Gurgel SecomO Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar (Bope) recebeu na terça-feira, 11, o módulo de treinamento de Embarque e Desembarque Aerotático, como parte das atividades do curso de formação da tropa de choque que ocorre há cinco semanas, em Rio Branco. Cerca de 40 policiais receberam as instruções de segurança, num sobrevoo no Centro Integrado de Pesquisa em Segurança Pública (Cieps).

O treinamento faz parte de uma ação integrada das polícias Civil e Militar e tem a finalidade de capacitar os profissionais para eventualidades, como forma de apoiar as forças convencionais. De acordo com o coordenador do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer), major Cleyton, o objetivo é dar maior mobilidade às forças de segurança pública.

Segundo o instrutor de voo e comandante de aeronaves, major Negreiros, a utilização do helicóptero para capacitar a tropa é importante por dar as noções básicas necessárias quanto à acessibilidade a lugares de difícil intervenção das polícias. “O treinamento dá ao policial uma noção de cobertura maior, além da visão do tripulante e de a equipe ser privilegiada lá em cima, tendo em vista que a equipe é capacitada para situações de crise”, explicou.

“Esse curso é de fundamental importância, por nos capacitar para intervenções onde as tropas convencionais não atuam. A dificuldade de aprender com a aeronave em movimento e com o peso que carregamos vai acrescentar ainda mais à formação pela técnica que adquirimos”, comenta um dos participantes do curso, soldado Célio.

Essa é a primeira edição do curso no Estado e está previsto para terminar até o próximo dia 24 de fevereiro. “Nunca tivemos situações extremas no nosso presídio aqui, por exemplo, mas nosso objetivo é prevenir capacitando a equipe para que se, porventura, um dia precisar e a tropa for acionada, realizemos a ação com segurança”, salientou o coordenador-geral do curso, tenente Rogério. (Rayele Barbosa  / Agência Acre/ Foto: Diego Gurgel)

Assuntos desta notícia


Join the Conversation