Escolas da rede pública que foram atingidas pela alagação já estão retomando as atividades

Com o nível do Rio Acre abaixo da cota de alerta (13 m), aos poucos tudo volta à rotina habitual. A medição das 18h de ontem, 18, apontava 12,58m. Com isso, a Secretaria de Estado de Educação e Esporte (SEE) anunciou que as 13 escolas de ensino da rede pública localizadas nas áreas atingidas direta ou indiretamente pela água, retomaram suas atividades no começo desta semana.

Mais de 20 mil alunos foram afetados com as escolas interditadas devido às cheias do Rio Acre. No entanto, a SEE afirma que ninguém será prejudicado, pois, desde o início da enchente, todas as equipes escolares trabalharam em conjunto para contornar a situação. De acordo com o diretor de Ensino, Josenir Calixto, serão realizadas reuniões com a comunidade para tentar repor as aulas perdidas, a fim de garantir que a aprendizagem dos estudantes não seja comprometida.

Confira as escolas que retornaram as aulas nesta semana:
Escola Reinaldo Pereira; Terezinha Migueis; Georgete Aluan Kalume; Anita Garibaldi; Dr. Carlos Vasconcellos; Elias Mansour; João Mariano; Lourival Pinho; Madre Hidelbranda; Maria Angélica de Castro; Roberto Sanches Mubárac; Flaviano Flávio Batista; Iracema Gomes.

Assuntos desta notícia


Join the Conversation