Eleições 2014: Irregularidades estão sendo investigadas e em alguns casos já houve até condenações, diz TRE

BRUNA LOPES

Apesar de faltar seis meses para as eleições 2014, o Tribunal Regional Eleitoral do Acre (TRE-AC) confirma que já investiga algumas representações pautadas pelo Ministério Público Federal e dos eleitores em geral. Em alguns casos, já houve inclusive condenação, confirma o presidente e desembargador Adair Longuini. O Acre possui 522.051 eleitores que estão aptos a votar em todo o Estado, que conta com 1.802 seções eleitorais e 2.637 urnas eletrônicas.

O maior fiscal das eleições é o próprio eleitor, destacou o presidente. Além disso, o Tribunal trabalha por um pleito equilibrado, no qual haja espaço para que todos os candidatos exponham suas ideias e projetos.

“É importante deixar claro que o eleitor possui três alternativas para registrar denúncias, caso presencie irregularidades: temos dez juízes eleitorais em todo o Estado, sendo que três deles atuam em zonas de Rio Branco; há o Ministério Público Eleitoral e a própria Polícia Federal, todos prontos para atender esse tipo de demanda. A ouvidoria do TRE está a disposição através do número 3212-4460”, informou o presidente.

No pleito deste ano, serão eleitos presidente e vice-presidente da República, deputados federais, senadores, governadores e vice-governadores, deputados estaduais. Adair Longuini informou também que o orçamento solicitado pelo TRE ao Tribunal Superior Eleitoral para a realização das eleições de 2014 em todo o Estado já foi aprovado, e o valor é de R$ 3.567.854,04.
No Acre, a votação ocorrerá por identificação biométrica em três municípios: Rio Branco, Bujari e Assis Brasil. Pouco mais de 50% dos eleitores do Estado já votarão pelo novo método implantado pelo Tribunal Superior Eleitoral. A partir do próximo ano, novos municípios serão lançados com o recadastramento de eleitores.

“Mesmo assim, os eleitores que ainda não fizeram o recadastramento biométrico, tem a oportunidade de até o próximo dia 7 de maio procurar cartório eleitoral da sua inscrição ou, em caso de mudança de endereço, no cartório eleitoral ao qual pertença sua residência. Com posse do título de eleitor, RG e comprovante de endereço”, orienta Longuini.

Em Rio Branco o serviço está sendo realizado no Fórum Eleitoral, em frente a Justiça Federal na BR 364, das 8h as 17h e na Central de Serviço Público – OCA, no Centro, das 7h as 17h. Essa é a data limite para os eleitores do Estado do Acre requerer inscrição ou transferência de domicílio eleitoral ou revisar dados pessoais para votar nas próximas eleições gerais.

Mesário voluntário

O TRE-AC confirma a convocação de mais de 7 mil mesários para atuar no pleito este ano. Os interessados em participar das eleições como mesário voluntário podem se inscrever no site do Tribunal, cujo endereço é www.tre-ac.jus.br.

Entre as vantagens de se trabalhar como mesário nas eleições, estão o direito a duas folgas por dia trabalhado. Isso vale também para eventuais treinamentos. Preferência no desempate em alguns concursos públicos (desde que previsto em edital). Auxílio-alimentação. Utilização das horas trabalhadas nas eleições como atividade curricular complementar.

Assuntos desta notícia


Join the Conversation