Gazetinhas 07/05/2014

*    Eita, que o dia começou com bafão na Aleac!

*    E, dessa vez, não foi nenhum arranca-rabo entre nossos ilustres parlamentares, não.

*    Um grupo com cerca de 100 produtores rurais sem-terra realizou um manifesto em frente ao prédio e, por três horas, impediu a entrada e a saída de quem estava por lá.

*    A segurança da Casa, em número bem menor, ficou impossibilitada de atuar.

*    Um dos seguranças, inclusive, foi agredido pelos manifestantes ao tentar sair do local e precisou ser socorrido pelos colegas.

*    Diz que o negócio foi feio ó!

*    No final das contas, representantes do grupo foram recebidos pelo deputado Moisés Diniz.

*    Ele, sempre ele.

*    Ririri.

*    Os produtores reivindicam a posse de terra em uma área da Fazenda Brahma, localizada na Estrada do Mutum.

*    Eles foram expulsos no início do ano e, desde então, reclamam que as famílias permanecem morando às margens do ramal, sem qualquer assistência dos órgãos governamentais.

*    Por se tratar de um problema de competência federal, o deputado explicou que a Aleac pouco pode intervir.

*    Ainda assim, prometeu uma reunião com a bancada federal para buscar solução para o problema.

*    Afinal, são todos representantes do povo, ou não são?

*    Alguém tem que ver isso aí.

*    Deputado Luís Tchê está em Brasília, onde irá assumir novamente a presidência da Unale, União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais.

*    Evento cheio de pompas e autoridades.

*    Por aqui, parece que andaram discutindo sobre as Áreas de Livre Comércio.

*    Agora, não me pergunte sobre os resultados práticos, leitor.

*    O telefone toca.

*    É o secretário Edvaldo Magalhães convidando para inauguração da fábrica de biscoitos de goma, este sábado, em Cruzeiro do Sul.

*    Projeto que, pelo visto, é a “menina dos olhos” do secretário.

*    Segundo ele, foram dois anos de planejamento e organização até que a fábrica estivesse “no ponto” para produzir.

*    O desafio era modernizar o processo, porém mantendo as características artesanais do produto.

*    Investimento de quase R$ 2 milhões.

*    Tem que vir biscoito bom dali, secretário!

*    Estamos na torcida.

*    Temporal no meio da tarde fez o governo cancelar o lançamento da etapa final do Ruas do Povo no Portal da Amazônia. Ele teve de assinar a ordem de serviço no gabinete.

*    Chuta que é macumba, Tião!

Assuntos desta notícia


Join the Conversation