Pular para o conteúdo

Governo e prefeitura se mobilizam para urbanização da Cidade da Justiça

A Cidade da Justiça é um espaço destinado para que todos os órgãos do Judiciário estadual passem a operar lado a lado. Nesta terça-feira, 19, Governo do Estado e a prefeitura de Rio Branco fecharam acordo com o Tribunal de Justiça do Acre (TJ/AC) para que todo o projeto de urbanização do espaço passe a ser de responsabilidade da Empresa Municipal de Urbanização de Rio Branco (Emurb). O investimento é de R$ 3,8 milhões.

Concebido como um dos principais e estratégicos projetos da atual gestão do TJ/AC, a Cidade da Justiça promoverá mudanças significativas na rotina dos cidadãos que buscam os serviços jurisdicionais em Rio Branco. A Cidade da Justiça está sendo erguida em uma área de terra de seis hectares, doada pela empresa Ipê Empreendimentos Imobiliários ao Governo do Estado e afetada ao Poder Judiciário. Ela contemplará, ao todo, seis blocos, que abrigarão unidades judiciais e administrativas, mais um centro de convivência e uma área de preservação ambiental.

Segundo o presidente do TJ, desembargador Roberto Barros, a urbanização da Cidade da Justiça é essencial para garantir a dinâmica do espaço e o acesso ideal à população. “A obra já existe há algum tempo, com o Fórum Criminal. E já iniciamos o segundo prédio, que é o de juizados. Agora, com esse contrato com a Emurb, vamos executar essa que é uma das partes significativas da cidade”, conta.

O prefeito Marcus Alexandre esteve presente na assinatura do contrato de serviço. Ele lembrou que a Emurb é uma empresa pública, e por isso pode ser contratada para esse tipo de serviços. “Acabamos de terminar um trabalho grande na Ufac. Fizemos o sistema viário da universidade para seu último grande congresso. E a Cidade da Justiça será um grande espaço para o cidadão, com melhor acesso e estacionamento. Agora cabe à prefeitura e à Emurb a realização das obras”, relata o prefeito. (Assessoria Governo)

Arte mostra como ficará Cidade da Justiça pronta; investimento é de R$ 3,8 milhões
Arte mostra como ficará Cidade da Justiça pronta; investimento é de R$ 3,8 milhões