Deputado Geraldo Pereira destaca avanços na agricultura do Estado para a próxima gestão

Parlamentar acredita que economia continuará aquecida
Parlamentar acredita que economia continuará aquecida

O líder do Partido dos Trabalhadores na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), deputado Geraldo Pereira destacou os avanços na agricultura do Estado e pontuou o desafio do governo para a próxima gestão.

“Avançamos muito no setor da agricultura do Estado, mas podemos avançar mais. O desafio dos próximos governos é ampliar a área ocupada por grãos no Estado. O Acre pode chegar a sete milhões de sacas de milhos se conseguir elevar o plantio para 40 mil hectares”, disse.

O parlamentar cita que nos próximos haverá a verticalização da agricultura no Acre. “Nossa economia vai continuar aquecida e, com certeza, o setor agrícola será destaque”, disse.

O deputado destacou que a ideia é consorciar a agricultura com a pecuária. “A pecuária poderá fazer o bezerro e não ir para a engorda com o incremento da ração. O animal recebe durante 12 meses a ração e sairá com peso maior. Você ganha 12 meses na pecuária. Nesse sentido, nós estaríamos verticalizando a produção com a integração pecuária e lavoura”, destaca o parlamentar.

Pereira afirma que a BR-317 sentido ao Alto Acre tem uma extensão de 200 quilômetros propícios para a agricultura e na BR-364 existem mais 20 mil hectares que poderão ser utilizados para a agricultura em consórcio com a pecuária. Com isso, a área estimada é de 60 mil hectares.

“Na região do quilômetro 115 sentido Porto Velho, a nossa fronteira é com o Estado do Amazonas, ali teríamos mais 20 mil hectares para produção de grãos. Para começar a integração basta liberar um quilômetro de cada fazenda para a agricultura. Esse é um desafio para o parlamento e para o governo”.

Pereira cita ainda os investimentos realizados para garantir melhorias nos ramais. Segundo o parlamentar, o investimento em abertura e manutenção de ramais é fundamental para que o produtor continue produzindo, e assim, gerar o aquecimento da economia agrícola e a verticalização da agricultura no Estado.

“Neste recesso parlamentar pude conferir de perto os investimentos que estão sendo feitos nos ramais e tenho certeza que nos próximos anos teremos a verticalização da agricultura no Acre. Nossa economia vai continuar aquecida e, com certeza, o setor agrícola será destaque”, disse.

Ele lembrou que um dos grandes problemas enfrentados pelos agricultores diz respeito ao escoamento da produção.

“O escoamento da produção é um dos principais problemas que os nossos produtores enfrentam. Por isso, esses investimentos mostram que o governo tem uma preocupação especial em garantir a trafegabilidade em nossos ramais. Por isso, meus parabéns ao governador Tião Viana por pensar num Acre sustentável a partir da agricultura”, destacou.  (Foto: Agência Aleac)

Assuntos desta notícia