Homem é preso suspeito de matar vizinho após ação judicial

Walison da Silva Fereira, de 22 anos, é suspeito de matar seu vizinho, Diego Anandinho, 23, durante uma briga após o resultado de um processo judicial entre ambos. Silva estava foragido há mais de um mês e foi preso na casa da avó na manha desta quinta-feira, 30, na Gameleira, em Rio Branco. O crime ocorreu no dia 16 de março, no bairro Recantos dos Buritis.

De acordo com a polícia, Silva teria ameaçado a vítima de morte após uma briga. Dias depois, teria invadido a casa do homem acompanhado de outras duas pessoas, ainda não identificadas, e disparado contra Anandinho. Apesar das acusações, Silva nega que tenha participado do crime. Ele afirma ter conhecido a vítima, mas alega que não existia rixa entre vizinhos.

“Não tenho nada a ver com isso. Não cometi crime nenhum, eu só conhecia ele, mas não matei”, alegou.

Apesar de alegar inocência, o delegado do caso, Cleyton Videira, destaca que o suspeito já tem passagem por crimes como posse e tráfico de drogas. Além disso, diz que a polícia continua as investigações e está à procura de outras pessoas que teriam participação do homicídio.

“Prendemos o suspeito e ainda estamos trabalhando para desvendar e efetuar outras prisões. Em depoimento, o Walison nega a autoria e participação no crime. No entanto, testemunhas indicam que ele acompanhava os outros dois suspeitos que participaram do crime”, finalizou.

Assuntos desta notícia