Marcus Alexandre vistoria áreas de risco na Cidade Nova

O prefeito Marcus Alexandre vistoriou na sexta-feira, 10, as ruas que margeiam o Rio Acre no bairro Cidade Nova para avaliar as áreas de risco de desbarrancamento após a vazante. Acompanhado do coordenador da Defesa Civil de Rio Branco, Tenente Coronel George Santos, o prefeito esteve inicialmente na Rua Beira Rio, onde há pontos de deslizamentos e solapamentos. Muitas casas estão sob risco e doze famílias foram removidas e incluídas no Programa Aluguel Social pela Secretaria Municipal de Cidadania e Assistência Social (SEMCAS). “O monitoramento tem de ser constante”, disse o prefeito ao avaliar a situação de pontos críticos.

O nível do Rio Acre baixou substancialmente nas últimas semanas depois de alcançar, no dia 4 de março, pico de 18,40 metros gerando o maior desastre natural da história do Acre. Milhares de pessoas viveram durante cerca de quarenta dias em abrigos públicos mantidos pela Prefeitura e pelo Governo do Estado com o apoio do Governo Federal. Às 6h desta sexta-feira o rio marcava 8.66 metros –quase dez metros a menos que a máxima cheia de 2015 –e esse desnível radical provoca novos problemas no solo das margens, que sem a água que o ´sustente´ acaba ruindo. Casas inteiras estão vindo abaixo com esse fenômeno. A vistoria foi realizada também em ruas adjacentes à Beira Rio.

Durante o monitoramento, realizado nas primeiras horas do dia, o prefeito Marcus Alexandre acompanhou a Ação de Limpeza Pós-Alagação naquela região. As ruas da Cidade Nova ficaram muito prejudicadas e a Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (SEMSUR) trabalha intensamente para dar condições de tráfego e acesso aos moradores, os quais ainda contabilizam os prejuízos da terrível enchente.

 Ação Pós Alagação e Vistoria 2 Ação Pós Alagação e Vistoria 1

 

 

Assuntos desta notícia