Pular para o conteúdo

Após polêmica, aumento para delegados é aprovado na Aleac

Mesmo sob forte protesto dos professores que estão em greve, os parlamentares estaduais aprovaram ontem, 15, por unanimidade, o projeto de lei que disponibiliza reajuste salarial aos delegados de R$ 9,6 mil para R$ 13,6 mil a partir de janeiro de 2016.

Segundo a base governista afirma que a proposta está em conformidade com acordo firmado entre o governo e o sindicato dos policiais, em 2013.



O presidente da Associação dos Delegados do Acre, Kleyton Videira, comemorou a aprovação do projeto. Ele afirma que esta é uma conquista da classe que reivindica há anos esses benefícios.

“Mesmo com o reajuste salarial, um delegado no Acre vai continuar recebendo um dos piores salários do Brasil. Para se ter uma ideia, um sargento da PM do Espírito Santo, por exemplo, recebe por mês um salário de R$ 11 mil. Hoje, o salário de um delegado em início de carreira no Acre é de R$ 9 mil”, disse.

Greve da educação - OL (1) Greve da educação - OL (4)

Fotos: Odair Leal/ A GAZETA
Fotos: Odair Leal/ A GAZETA
error: Conteúdo protegido!!!