Pular para o conteúdo

Semana da conciliação é a oportunidade de resolver demandas processuais

Para agilizar demandas processuais, o Tribunal de Justiça do Acre realiza entre os dias 17 a 21 de agosto a Semana Estadual de Conciliação. Estão previstos para ser analisados mais de 1.700 processos em Rio Branco e no interior. O lançamento ocorrerá no Fórum Barão do Rio Branco.

A conciliação tem como característica ser a solução mais barata, mais rápida e mais satisfatória para as partes que têm litígios na Justiça. Outro detalhe significativo é que um processo custa em média R$ 1,3 mil aos cofres públicos.



Além disso, a conciliação também promove a pacificação social, já que as partes têm suas relações de amizade (e até familiares) restauradas, após meses ou anos interrompidas por meio de brigas, desentendimentos e litígios.

As audiências serão realizadas nas próprias unidades judiciárias. A novidade desta vez será o Mutirão das Execuções Fiscais, originárias das Varas Fazendárias (1ª 2ª e 3ª Varas da Fazenda Pública), que também integrarão a atividade. Embora a quantidade de processos já seja superior a de anos anteriores, o número irá aumentar nos próximos dias, visto que as unidades têm elevado a pauta de audiências.

A conciliação também promove a pacificação social, já que as partes têm suas relações de amizade (e até familiares) restauradas, após meses ou anos serem interrompidas por meio de brigas, desentendimentos e litígios.

Outro aspecto que precisa ser ressaltado é que as pessoas que tenham ações tramitando na Justiça Acreana (Varas Cíveis, Juizados Cíveis, por exemplo) podem se dirigir a essas unidades e solicitar a inclusão de seus processos na Semana de Conciliação, para que possam celebrar seus acordos e, assim, resolver seus conflitos de forma rápida e amigável.

error: Conteúdo protegido!!!