Pular para o conteúdo

Gazetinhas 23/08/2015

* Agosto vai chegando ao fim…

* E quem ficou pra trás precisa correr atrás do prejuízo.



* E que prejuízo!

* Novos dados do Caged divulgados, na última sexta-feira, mostraram que o País segue perdendo empregos com carteira assinada.

* Julho foi o quarto mês seguido em que as demissões superaram o número de contratações na economia brasileira.

* E o pior resultado para o período, desde 1992.

* Ou seja: nem FHC teve um julho ‘desempregado’ tão grande quanto este de 2015.

* Tá sofrido…

* Tá de lascar.

* Enquanto isso, na política nacional…

* O burburinho é de que o ex-presidente Lula assumiu o comando da reação do governo petista à crise política.

* Segundo analistas, Lula estaria por trás de todas as últimas articulações importantes do Palácio do Planalto…

* Entre as quais, a reaproximação de Dilma com o presidente do Senado, Renan Calheiros;

* Reuniões de emergência com ministros mais próximos;

* Conversas reservadas com senadores petistas e caciques peemedebistas;

* E até mesmo o discurso duro em Roraima, no qual a presidente afirmou que aguentaria a pressão e que ninguém iria tirar a legimidade das urnas.

* Faz sentido.

* Numa crise política sem precedentes, talvez só mesmo a experiência e o carisma do maior líder petista para socorrer o partido da execração pública iminente.

* Basta saber se Lula ainda tem credibilidade e cacife político para tal.

* No meio desse trabalhão todo, um gaiato que passa por aqui só faz um alerta:

* “O perigo é que, num desses discursos malucos, a Dilma acabe renunciando sem querer”.

* Ririri.

* Para com isso.

* Final de semana começou quente na editoria policial.

* Em menos de 24 horas, duas execuções na Capital;

* Um acidente grave na BR-364 que deixou uma pessoa morta e outra ferida;

* E uma discussão no trânsito que terminou com um homem baleado na cabeça.

* Esta última ocorrência, um puro retrato da imbecilidade e da selvageria humana.

* O motorista que disparou o tiro justificou o ato alegando que foi “fechado” pelo outro em um cruzamento anterior.

* Pra revidar, ele ultrapassou o veículo e o esperou metros à frente.

* Quando a caminhonete passou, puxou a arma e disparou.

* Isso tudo num final de tarde de uma sexta-feira, em plena Avenida Ceará.

* Oh, Deus.

* Calor intenso, alta radiação ultravioleta, baixa umidade do ar e muita fumaça.

* É o que temos pra hoje, leitor.

* No entanto, segundo nosso brujo do tempo, Davi Friale, o “alívio” deve vir nesta terça-feira, com a chegada de uma frente fria fraca no Estado.

* Se ele tá dizendo…

error: Conteúdo protegido!!!